Reparo de uma cistocele

Escrito por elizabeth slough | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Reparo de uma cistocele
Algumas cistoceles exigem reparo cirúrgico (Jochen Sands/Digital Vision/Getty Images)

Uma cistocele ocorre quando o tecido conectivo entre os órgãos pélvicos de uma mulher se enfraquecem, permitindo que a bexiga avance sobre a parede vaginal. As cistoceles são caracterizadas por graus, de acordo com a severidade. O grau 1 é o menos sério, com a bexiga saliente apenas parcialmente na vagina. No grau 2, a bexiga fica saliente até a abertura da vagina. No grau 3, a bexiga decai para além da abertura vaginal; esse é o grau que mais costuma exigir cirurgias. As cistoceles ocorrem por uma variedade de razões, incluindo constipação crônica, tensão por carregar peso e problemas no nascimento, como parto por fórceps, partos múltiplos ou episiotomia. Os médicos geralmente tentam uma abordagem conservativa para as cistoceles de grau 1 e 2, reservando a cirurgia para o grau 3.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Intervenções não-cirúrgicas

  1. 1

    Reduza o levantamento de peso para evitar colocar mais tensão nos músculos pélvicos. Limitar os levantamentos extenuantes permitirá que os músculos pélvicos descansem e prevenirá uma piora da condição.

  2. 2

    Realize os exercícios de Kegel para fortalecer os músculos pélvicos, o que melhorará a habilidade muscular de manter a bexiga no lugar. Os exercícios de Kegel foram desenvolvidos para melhorar o tônus dos músculos na área geniturinária. Para realizá-los — podem ser feitos sentada ou em pé —, use o mesmo movimento que você usaria para conter a urina na bexiga. Contraia voluntariamente o músculo, mantenha por quatro segundos e relaxe. Repita 10 vezes, ao menos 10 vezes por dia.

  3. 3

    Fale com seu médico sobre os benefícios de um pessário — um dispositivo usado para empurrar a bexiga de volta para o lugar enquanto tira a pressão da parede vaginal. O médico explicará as opções, tais como o tipo de pessário que será usado, pois existem muitas variedades. É comum experimentar vários tipos ou tamanhos antes de encontrar um que se encaixe adequadamente.

  4. 4

    Estude sobre terapias de reposição de estrogênio para ajudar a fortalecer as paredes pélvicas e prevenir enfraquecimentos adicionais. Seu médico pode sugerir terapias de estrogênio em forma de emplastros, comprimidos ou cremes tópicos, particularmente se você estiver no período pós-menopausa. Certifique-se de discutir seu histórico médico completar antes de optar pela terapia de estrogênio.

    Intervenção cirúrgica

  1. 1

    Fale com seu médico sobre as implicações de uma cistocele de grau 3 — o tipo que costuma exigir reparos cirúrgicos com mais frequência. Ele explicará que você receberá uma anestesia local ou uma anestesia geral. Um cateter uretral será inserido para reduzir a pressão na bexiga. O cirurgião, então, fará uma incisão através da qual reparará a cistocele, seja dobrando os tecidos e músculos sobre si mesmos e costurando-os para reforçá-los ou usando um material de malha para reforçar a área enfraquecida. O cirurgião também removerá o excesso da linha vaginal e do tecido enfraquecido antes de fechar a incisão.

  2. 2

    Beba o máximo de líquidos possível no primeiro dia depois da cirurgia para estimular a produção de urina. O médico removerá a vedação colocada na sua vagina durante a cirurgia e as enfermeiras a auxiliarão a ficar em pé e andar para ajudar a prevenir a formação de coágulos de sangue nas pernas.

  3. 3

    Siga as instruções pós-tratamento do seu cirurgião após a sua alta.

Dicas & Advertências

  • Você pode receber alta do hospital ainda com o cateter no lugar. Evite fazer serviços domésticos ou outras atividades extenuantes por vários dias depois da cirurgia; tenha alguém para ficar com você e ajudá-la.
  • Entre em contato com seu médico se você passar por quaisquer sinais de infecção, tais como febre.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível