Como reproduzir Yorkshire Terriers

Escrito por nicki howell | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como reproduzir Yorkshire Terriers
Saiba como reproduzir seu Yorkshire de forma segura (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Yorkshire Terriers são conhecidos pelos seus pelos bonitos e macios, além de sua energia. De acordo com o American Kennel Club, essa raça é uma das mais populares. No entanto, antes de reproduzir esse tipo de cão, é importante seguir algumas dicas, como saber escolher um cachorro para reprodução e entender com que frequência ele pode procriar. Além disso, você precisa monitorar com cuidado a gravidez para proteger a saúde dos seus cachorros.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Compre um Yorkshire para reprodução. Para encontrar esses cães aprovados pela AKC, confira a seção dessa raça no site. Procure por um cão que preencha os requisitos da AKC para a reprodução (Veja abaixo em Recursos).

  2. 2

    Escolha um companheiro para reprodução. É importante escolher um animal que seja ótimo para a procriação. Localize os indivíduos que estão interessados em reproduzir seus cães. É importante examinar o cachorro pessoalmente para garantir que ele preenche os padrões de reprodução.

  3. 3

    Saiba com que frequência reproduzir sua fêmea. Yorkshire Terriers entram no cio a cada seis meses. Entretanto, criadores não aconselham que você a coloque para reprodução durante os primeiros seis meses de vida, já que ela ainda estará se desenvolvendo.

  4. 4

    Determine quando seu Yorkshire está pronto para se reproduzir. Isso acontece entre 10 e 14 dias depois do primeiro dia do ciclo menstrual da sua cachorra. Quando isso acontecer, ela estará pronta para cruzar com sucesso com um Yorkshire macho. Tente cruzá-los dia sim, dia não, até que a fêmea não esteja mais interessada.

  5. 5

    Acompanhe a gravidez da sua Yorkshire. A gestação dura, aproximadamente, dois meses (ou 63 dias). Se levar mais tempo do que isso, entre em contato com um veterinário.

Dicas & Advertências

  • Fique de olho na sua fêmea. Mantenha-a sob supervisão o tempo todo para que ela não saia de vista e cruze com outro cachorro.
  • Não esqueça de criar um contrato com o dono do cachorro macho. Isso irá determinar a porcentagem do rendimento da venda da ninhada que cada um receberá.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível