Mais
×

Como reproduzir Yorkshire Terriers

Atualizado em 23 março, 2017

Yorkshire Terriers são conhecidos pelos seus pelos bonitos e macios, além de sua energia. De acordo com o American Kennel Club, essa raça é uma das mais populares. No entanto, antes de reproduzir esse tipo de cão, é importante seguir algumas dicas, como saber escolher um cachorro para reprodução e entender com que frequência ele pode procriar. Além disso, você precisa monitorar com cuidado a gravidez para proteger a saúde dos seus cachorros.

Instruções

Saiba como reproduzir seu Yorkshire de forma segura (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)
  1. Compre um Yorkshire para reprodução. Para encontrar esses cães aprovados pela AKC, confira a seção dessa raça no site. Procure por um cão que preencha os requisitos da AKC para a reprodução (Veja abaixo em Recursos).

  2. Escolha um companheiro para reprodução. É importante escolher um animal que seja ótimo para a procriação. Localize os indivíduos que estão interessados em reproduzir seus cães. É importante examinar o cachorro pessoalmente para garantir que ele preenche os padrões de reprodução.

  3. Saiba com que frequência reproduzir sua fêmea. Yorkshire Terriers entram no cio a cada seis meses. Entretanto, criadores não aconselham que você a coloque para reprodução durante os primeiros seis meses de vida, já que ela ainda estará se desenvolvendo.

  4. Determine quando seu Yorkshire está pronto para se reproduzir. Isso acontece entre 10 e 14 dias depois do primeiro dia do ciclo menstrual da sua cachorra. Quando isso acontecer, ela estará pronta para cruzar com sucesso com um Yorkshire macho. Tente cruzá-los dia sim, dia não, até que a fêmea não esteja mais interessada.

  5. Acompanhe a gravidez da sua Yorkshire. A gestação dura, aproximadamente, dois meses (ou 63 dias). Se levar mais tempo do que isso, entre em contato com um veterinário.

Dicas

  • Fique de olho na sua fêmea. Mantenha-a sob supervisão o tempo todo para que ela não saia de vista e cruze com outro cachorro.

Aviso

  • Não esqueça de criar um contrato com o dono do cachorro macho. Isso irá determinar a porcentagem do rendimento da venda da ninhada que cada um receberá.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article