Resolução de problemas do sistema de alimentação de um Ford Taurus

Escrito por chris moore | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Resolução de problemas do sistema de alimentação de um Ford Taurus
Caso seu Taurus não ligue, o problema pode ser no sistema de alimentação (dashboard with speed meter image by robert paul van beets from Fotolia.com)

O sistema de alimentação do Ford Taurus envia a gasolina sob pressão para os bicos injetores. Qualquer problema neste sistema pode levar a uma queda de performance, desperdício de combustível ou o carro pode nem funcionar. A solução de problemas de rotina deste sistema do Taurus inclui a verificação externa do tanque e das linhas de combustível. Se precisar fazer testes internos, verifique a pressão do combustível e o funcionamento da bomba de combustível.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Medidor de pressão de combustível
  • Calços
  • Medidor de vácuo

Lista completaMinimizar

Instruções

    Inspeção externa

  1. 1

    Verifique se há danos ou corrosão na tampa do tanque de gasolina. Troque a tampa se o retentor estiver com o selo quebrado ou danificado.

  2. 2

    Verifique as linhas de abastecimento e retorno de combustível. Veja se possuem rachaduras e assegure-se de que as conexões com o sistema de injeção e com o filtro de combustível estão bem presas.

  3. 3

    Verifique se há rachaduras, furos ou outros tipos de danos no tanque de combustível e no tubo de abastecimento. Será preciso levantar o carro para isso. Inspecione a conexão entre o tanque e o tubo de abastecimento, verificando a existência de grampos soltos ou se a borracha está se deteriorando. Assegure-se de que os suportes e alças que prendem o tanque estejam bem afixados.

  4. 4

    Inspecione todas as linhas metálicas e mangueiras de borracha que saem do tanque. Substitua ou conserte quaisquer conexões frouxas, linhas crimpadas e mangueiras deterioradas.

  5. 5

    Alivie a pressão do combustível antes de inspecionar o sistema internamente. O Taurus possui um botão de reinicialização da inércia que pode apertar para aliviá-la imediatamente. Este botão fica dentro do porta-malas, atrás do acabamento do lado direito (modelos entre 1996 e 1999) ou esquerdo (modelos posteriores a 1999).

    Verificação da bomba de combustível

  1. 1

    Confira se a bomba de combustível está funcionando. Tire a tampa do tanque e tente ouvir o barulho da bomba enquanto alguém vira a chave. Se ouvir um zumbido por alguns segundos, está funcionando.

  2. 2

    Se não ouvir nenhum som, verifique o fusível da bomba (é o de número dez na caixa de fusíveis). Substitua-o se estiver estourado. Se estourar novamente, verifique se há algum curto no circuito da bomba. Se o fusível estiver bom, aplique a tensão da bateria no circuito 238 da caixa de fusíveis para testar o relé de operação (apenas nos modelos a partir de 1998).

  3. 3

    Teste a bomba de combustível girando a chave novamente. Se passar a ouvir o zumbido, o defeito é no relé ou em seu sistema de controle. Se ainda não ouvir nenhum barulho, o problema pode também ser na bomba em si.

    Pressão do combustível

  1. 1

    Conecte um medidor de pressão de combustível ao conector de teste de pressão (ele possui uma tampa que terá que ser removida). O medidor precisa ter um adaptador para válvula tipo Schrader. Gire a chave e aguarde até que a bomba pressurize as linhas.

  2. 2

    Uma vez que a pressão estabilize, veja a leitura do medidor. Nos modelos entre 1996 e 2000, a pressão deve ficar entre 37 e 45 psi. Nos modelos mais novos, deve ficar entre 45 e 56.

  3. 3

    Ligue o motor e deixe-o ficar em marcha lenta. A pressão deve ficar entre 26 e 45 psi nos modelos até 2000 e entre 50 e 56 nos mais novos.

  4. 4

    Tire a mangueira de vácuo do regulador de pressão. Teste o regulador se a pressão não subir consideravelmente sem esta mangueira. Conecte-a de volta imediatamente.

  5. 5

    Pince a linha de retorno de combustível para fechá-la se a pressão ficou abaixo do esperado e veja a medida novamente. Se a pressão subir muito, substitua o regulador de pressão. Se não subir, procure por restrições na linha de alimentação. Se não encontrar restrições, o defeito é na bomba de combustível.

  6. 6

    Pince a linha de retorno de combustível para fechá-la se a pressão ficou abaixo do esperado e veja a medida novamente. Se a pressão subir muito, substitua o regulador de pressão. Se não subir, procure por restrições na linha de alimentação. Se não encontrar restrições, o defeito é na bomba de combustível.

  7. 7

    Use um medidor de vácuo na mangueira do regulador para ver se há vácuo com o motor ligado. Se tiver vácuo na mangueira, substitua o regulador de pressão. Se não tiver, veja se a porta ou a mangueira de vácuo estão entupidos.

  8. 8

    Desligue a chave e veja a pressão do sistema após cinco minutos. Se cair mais do que 5 a 7 psi, o problema pode ser na bomba de combustível, vazamentos nas linhas de combustível ou nos injetores ou perda de pressão de combustível para a linha de retorno.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível