Como resolver problemas de uma bobina Briggs & Stratton

Escrito por g.k. bayne | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como resolver problemas de uma bobina Briggs & Stratton
Como resolver problemas de uma bobina Briggs & Stratton (engine image by peter Hires Images from Fotolia.com)

Motores Briggs e Stratton, como qualquer motor pequeno, precisam de combustível, ar e fogo para funcionar adequadamente. A gasolina fresca deve ser adequadamente colocada na câmara de combustão. O ar é necessário nessa combustão e ele é limpo por um filtro de ar posicionado em cima do carburador. O fogo é a faísca que inflama a mistura de combustível e ar. O sistema de ignição normalmente consiste em uma vela de ignição, um fio de ignição e um gerador eletromagnético ou uma bobina. A vela de ignição fica posicionada diretamente acima e dentro da câmara de combustão. O fio de ignição conduz a energia elétrica de alta tensão que é gerada pelo gerador eletromagnético ou pela bobina. A bobina fica posicionada próxima ao volante e gera eletricidade por um ímã permanente no volante rotativo. Com cada passada do ímã, uma revolução do volante, um sinal elétrico de alta tensão é criado pela bobina.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Chave de boca de 1 ou 1,25 cm
  • Soquete de 0,5 cm
  • Multímetro

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Remova a capota do volante usando uma chave de boca. Dependendo do modelo do motor, existem três parafusos de cabeça de 1 ou 1,25 cm. Deixe a capota e os parafusos de lado.

  2. 2

    Repare que existem apenas duas conexões elétricas com a bobina. Um dos fios é o fio de ignição que está ligado ao final da vela de ignição. Remova o fio encapado por borracha a partir da parte superior da vela de ignição.

  3. 3

    Use o soquete de 0,5 cm para remover o pequeno parafuso que prende o anel conector à armação metálica do motor. O anel conector está ligado ao outro lado da bobina. Observe que o fio será de cobre desencapado com um tipo de revestimento parecido com verniz.

  4. 4

    Coloque os fios no multímetro. Pegue o fio vermelho e ligue-o no conector de nome "ohms". O fio preto vai para o conector de nome "comum". Ligue o aparelho para a posição ohms no seletor de potência. Faça os fios se tocarem. O medidor de curto lê "zero" ohms ou um curto direto.

  5. 5

    Encoste o fio vermelho no conector sob a capa de borracha do fio de ignição. Ligue o fio preto ao anel conector na outra extremidade da bobina. O medidor deve ler de 2 a 5 ohms. Se a leitura for "zero" ou um curto direto, a bobina pode estar com defeito. A bobina também precisará ser substituída se o medidor indicar uma leitura de ohm "infinita" ou uma resistência maior do que 1000 ohms.

  6. 6

    Ligue novamente o pequeno anel conector à armação do motor. Encoste o fio preto à armação enquanto o fio vermelho continua em contato com o conector no fio de ignição. Mude o medidor para a posição de volts. O fio condutor vermelho também deve ser colocado no conector "volt" no medidor (normalmente, em multímetros, esse conector é o mesmo para todas as medidas elétricas).

  7. 7

    Mova o volante para uma posição em que o ímã permanente sobre o volante fique ao lado da bobina. Ajuste o medidor em uma posição em que você consiga fazer a leitura sem segurá-lo. Vire o volante para trás e para a frente, onde o ímã vai passar na frente da bobina. Você pode precisar de duas mãos para executar esta tarefa. À medida que o ímã passa rapidamente em frente da face da bobina, ele irá gerar uma pequena tensão através da bobina. O medidor deve ler algum tipo de tensão.

Dicas & Advertências

  • Verifique as condições da vela de ignição se a bobina passar com sucesso por todos esses testes. A porcelana isolante na vela pode estar quebrada. Isso vai diminuir a energia de alta tensão da bobina.
  • Verifique a distância entre a superfície da bobina e o ímã. Use as especificações do motor para essa lacuna de ar. Motores de tamanhos diferentes terão lacunas de ar diferentes. Use um calibrador para essa medição crítica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível