×
Loading ...

Como resolver problemas em um sensor TPS

Atualizado em 19 julho, 2017

O sensor de posição do acelerador (TPS) fornece informações fundamentais para a central de injeção do motor. Ela use essas informações para fornecer mais ou menos potência, conforme a vontade do motorista. Muitas vezes, problemas nesse sensor causam hesitação ou engasgos ao acelerar. Verificar o funcionamento desde sensor é muito simples e direto, seguindo os passos abaixo, mesmo que você tenha apenas conhecimentos mínimos de circuitos elétricos ou queira apenas aprender procedimentos básicos de identificação de problemas.

Instruções

Um sensor de posição do acelerador defeituoso pode fazer o carro hesitar ao acelerar (luxury car - model toy car image by alma_sacra from Fotolia.com)
  1. Abra o capô do veículo e encontre o TPS no compartimento do motor. Sua localização mais comum é do lado de fora -- à direita ou à esquerda -- do corpo de borboleta ou do tubo da placa do carburador. Neste lugar, você verá uma pequena caixa preta, com três fios saindo de seu conector.

    Loading...
  2. Solte o conector elétrico do TPS. Ligue a ignição, mas não ligue o motor. Usando um voltímetro, teste os terminais do conector, do lado da central, para confirmar que a tensão apropriada esteja sendo enviada. Encoste a sonda negativa no terra do terminal do conector, que geralmente é o fio preto, e a sonda positiva, vermelha, no fio de tensão de referência do terminal, que geralmente é azul ou cinza. Você deve obter uma medição constante de 5 volts. Se obtiver outro valor, o fio de tensão está aberto ou em curto. Desligue a ignição e reconecte o conector no sensor.

  3. Teste se o TPS está enviando voltagem de sinalização para a central. Insira um pino no fio terra e outro no fio da voltagem de sinal e conecte as sondas do voltímetro aos pinos, usando jacarés. Ligue o motor. Abra e feche a borboleta manualmente enquanto observa o voltímetro. A voltagem deve aumentar gradualmente, entre 1 V e 5 V, e voltar para 1 V. Se oscilar ou não se alterar, substitua o TPS. Após isso, desligue o motor.

  4. Teste a resistência do TPS. Trata-se de um método alternativo para testar um TPS que possua um resistor variável. Desligue o conector do TPS, coloque seu multímetro em Ohm e conecte suas sondas aos contatos de energia e de sinal do sensor. Abra e feche manualmente a borboleta e verifique a resistência exibida no medidor. Ela deve aumentar e diminuir gradualmente, conforme você abre e fecha a borboleta. Se ela mudar abruptamente, não mudar, ou se não houver resistência, substitua o sensor.

  5. Ajuste o sensor, pois alguns modelos precisam ser ajustados periodicamente. Eles possuem alguns parafusos que permitem que sejam girados para serem ajustados corretamente. Conecte o multímetro conforme o passo anterior e gire o sensor até que obtenha a resistência especificada no manual de serviços do seu veículo. Aperte os parafusos e confira a resistência do sensor, conforme o passo anterior.

  6. Ligue o conector do TPS, ligue o motor e verifique a performance do carro.

Loading...

Dicas

  • Verifique no manual de serviço do seu veículo o procedimento correto para o ajuste do TPS.
  • Verifique o diagrama elétrico, no manual de serviço do seu veículo, para localizar os componentes e identificar os fios rapidamente. Você pode comprar esse manual na maioria das lojas de auto-peças, ou consultar um gratuitamente em uma biblioteca pública que o possua.

O que você precisa

  • Voltímetro
  • Dois pinos
Loading ...
Loading ...