Como resolver problemas em um sensor TPS

Escrito por dan ferrell | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como resolver problemas em um sensor TPS
Um sensor de posição do acelerador defeituoso pode fazer o carro hesitar ao acelerar (luxury car - model toy car image by alma_sacra from Fotolia.com)

O sensor de posição do acelerador (TPS) fornece informações fundamentais para a central de injeção do motor. Ela use essas informações para fornecer mais ou menos potência, conforme a vontade do motorista. Muitas vezes, problemas nesse sensor causam hesitação ou engasgos ao acelerar. Verificar o funcionamento desde sensor é muito simples e direto, seguindo os passos abaixo, mesmo que você tenha apenas conhecimentos mínimos de circuitos elétricos ou queira apenas aprender procedimentos básicos de identificação de problemas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Voltímetro
  • Dois pinos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Abra o capô do veículo e encontre o TPS no compartimento do motor. Sua localização mais comum é do lado de fora -- à direita ou à esquerda -- do corpo de borboleta ou do tubo da placa do carburador. Neste lugar, você verá uma pequena caixa preta, com três fios saindo de seu conector.

  2. 2

    Solte o conector elétrico do TPS. Ligue a ignição, mas não ligue o motor. Usando um voltímetro, teste os terminais do conector, do lado da central, para confirmar que a tensão apropriada esteja sendo enviada. Encoste a sonda negativa no terra do terminal do conector, que geralmente é o fio preto, e a sonda positiva, vermelha, no fio de tensão de referência do terminal, que geralmente é azul ou cinza. Você deve obter uma medição constante de 5 volts. Se obtiver outro valor, o fio de tensão está aberto ou em curto. Desligue a ignição e reconecte o conector no sensor.

  3. 3

    Teste se o TPS está enviando voltagem de sinalização para a central. Insira um pino no fio terra e outro no fio da voltagem de sinal e conecte as sondas do voltímetro aos pinos, usando jacarés. Ligue o motor. Abra e feche a borboleta manualmente enquanto observa o voltímetro. A voltagem deve aumentar gradualmente, entre 1 V e 5 V, e voltar para 1 V. Se oscilar ou não se alterar, substitua o TPS. Após isso, desligue o motor.

  4. 4

    Teste a resistência do TPS. Trata-se de um método alternativo para testar um TPS que possua um resistor variável. Desligue o conector do TPS, coloque seu multímetro em Ohm e conecte suas sondas aos contatos de energia e de sinal do sensor. Abra e feche manualmente a borboleta e verifique a resistência exibida no medidor. Ela deve aumentar e diminuir gradualmente, conforme você abre e fecha a borboleta. Se ela mudar abruptamente, não mudar, ou se não houver resistência, substitua o sensor.

  5. 5

    Ajuste o sensor, pois alguns modelos precisam ser ajustados periodicamente. Eles possuem alguns parafusos que permitem que sejam girados para serem ajustados corretamente. Conecte o multímetro conforme o passo anterior e gire o sensor até que obtenha a resistência especificada no manual de serviços do seu veículo. Aperte os parafusos e confira a resistência do sensor, conforme o passo anterior.

  6. 6

    Ligue o conector do TPS, ligue o motor e verifique a performance do carro.

Dicas & Advertências

  • Verifique no manual de serviço do seu veículo o procedimento correto para o ajuste do TPS.
  • Verifique o diagrama elétrico, no manual de serviço do seu veículo, para localizar os componentes e identificar os fios rapidamente. Você pode comprar esse manual na maioria das lojas de auto-peças, ou consultar um gratuitamente em uma biblioteca pública que o possua.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível