Como responder as perguntas de o que gostou e não gostou em seu último trabalho

Escrito por dan richter | Traduzido por josé moreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como responder as perguntas de o que gostou e não gostou em seu último trabalho
As perguntas da entrevista são utilizadas por empregadores potenciais para ter uma noção de como você é (Comstock/Comstock/Getty Images)

A principal técnica que os profissionais de recursos humanos utilizam para peneirar seus candidatos é a realização de entrevistas de emprego. Uma questão que aparece em muitas entrevistas é "O que você gostou e não gostou no seu último emprego?". Ter a resposta certa na mão e saber o que dizer vai te fazer parecer autoconsciente e, até mesmo, ajudar a conseguir o emprego.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Tenha uma resposta preparada para "O que você gostou e não gostou em seu último emprego?". Pense atentamente sobre o seu último trabalho e em todas as coisas que gostava e das que tinha pavor. Se não consegue pensar em nada sobre o trabalho diretamente, pense em como o trabalho afetava sua vida fora dele. Por exemplo, você pode ter tido um chefe compreensivo que o deixava sair sempre que o seu filho estava doente, mas não gostava do trajeto de 45 minutos de ida e volta para o trabalho todos os dias. Compile uma pequena lista mental de gostos e desgostos e a tenha pronta na cabeça, no caso de precisar referir-se a ela.

  2. 2

    Informe-se sobre a empresa que o está entrevistando e em que o suposto trabalho irá resultar. Você não deve mencionar algo que não gostou em um trabalho anterior apenas para descobrir que as circunstâncias serão as mesmas que as do novo trabalho. Por exemplo, se lhe for exigido que trabalhe 10 ou 12 horas por dia, não mencione que não gostava de ter que trabalhar longas horas em um emprego anterior. Da mesma forma, não diga que você gostou de interagir com os clientes, se você está se candidatando a um trabalho onde terá pouca interação social com outras pessoas.

  3. 3

    Seja honesto sobre o que você gostou e não gostou em seu trabalho anterior, se lhe for perguntado. O profissional responsável pela contratação provavelmente irá respeitá-lo mais por ser sincero sobre as coisas que gostou e não gostou do que se disser algo como "eu não consigo pensar em nada -- meu último trabalho foi perfeito".

  4. 4

    Dê respostas curtas. Quando o profissional de contratação quiser saber o que você gostou e não gostou, não transforme a sua entrevista em uma sessão de terapia, reclamando detalhadamente de tudo o que detestava em seu último trabalho. Dê uma resposta completa e apropriada, sem entrar em muitos detalhes. Por exemplo, você poderia dizer: "Havia sempre muita fofoca, o que se tornou uma distração, às vezes, mas, eventualmente, eu aprendi a lidar com isso" em vez de entrar em detalhes sobre as pessoas e os temas envolvidos nas fofocas.

  5. 5

    Reaja de forma profissional e positiva ao dar sua resposta. Não exagere ao elogiar seu antigo trabalho para fazê-lo soar como se nenhum outro -- incluindo o que você está se candidatando -- jamais pudesse se comparar. Ao mesmo tempo, não fale mal de seu ex-empregador, para não dar a impressão de mesquinho e vingativo. Dê a tudo que disser um resultado positivo. Por exemplo, você poderia dizer: "Meu ex-chefe era bem mal-humorado, às vezes, mas, no final das contas, trabalhar para ele só fortaleceu minha habilidade em lidar com as pessoas".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível