Mais
×

Resultados enzimáticos normais de exames de sangue

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Um resultado de exame de sangue pode ser uma valiosa ferramenta diagnóstica para auxiliar um exame físico. As taxas no plasma sanguíneo fornecem um painel de base metabólica que revela os processos químicos que ocorrem no corpo. Resultados normais são um bom sinal de que o corpo está em bom estado de funcionamento.

Os exames de sangue revelam informações sobre os níveis de enzimas corporais (Fuse/Fuse/Getty Images)

Enzimas

Enzimas são catalisadores biológicos responsáveis por regular todo o processo químico que ocorre no organismo. O corpo contém 75.000 componentes enzimáticos diferentes, cada um deles atribuído a um processo químico específico. Esses elementos são feitos de moléculas de proteínas que desencadeiam reações químicas entre células e estruturas celulares. Eles estão presentes em todas as áreas do corpo e é por isso que as amostras de sangue podem fornecer informações vitais sobre a atividade enzimática corporal.

Enzimas são catalisadores biológicos (Thinkstock Images/Stockbyte/Getty Images)

Exame de sangue

Os resultados de exames enzimáticos sanguíneos dão um panorama dos processos químicos do corpo. Resultados normais indicam que os órgãos do corpo e o funcionamento dos sistemas estão funcionando como deveriam. Os principais processos corporais que envolvem coração, função hepática e renal utilizam grandes quantidades de componentes enzimáticos. Eles exibem um certo nível de cada enzima dentro de um perfil. A quantidade de uma enzima em uma amostra de sangue serve como um "marcador", o que significa que fornece uma indicação da existência ou não de uma condição ou doença que esteja se desenvolvendo no corpo.

Os resultados de exames enzimáticos do sangue dão um panorama de processos químicos do corpo (luchschen/iStock/Getty Images)

Rins

Existem três principais enzimas renais em um painel de exame sanguíneo: ureia, creatinina e ácido úrico. Resultados normais de ureia ficam dentro de um intervalo de 7 a 18 decilitros (dl). Um decilitro é um décimo de litro. Níveis de creatinina normais variam entre 0,6 e 1,2 dl. Já o ácido úrico mostra uma leitura entre 3 e 8,2 dl. Quando as leituras ficam acima ou abaixo desses limites, o organismo pode estar passando por infecção, doença renal ou pode ser reflexo de um excesso de proteína na dieta.

Existem três principais enzimas renais que são averiguadas em um exame de sangue (Alexander Novikov/iStock/Getty Images)

Fígado

A análise de sangue é uma das ferramentas de diagnóstico mais comumente utilizadas na verificação da função hepática. Se o fígado tiver sofrido algum dano, seu tecido vai começar a se degenerar. Quando isso acontece, as enzimas contidas nele irão entrar na corrente sanguínea. Aspartato aminotransferase (AST), alanina aminotransferase (ALT) e fosfatase alcalina (FA) são as enzimas hepáticas primárias. Resultados normais mostrarão níveis de AST e ALT entre 8 e 20 dl, as leituras de FA ficam em 90-239 dl em homens e 76-196 dl nas mulheres.

A análise de sangue é uma das maneiras mais comuns para verificar a função hepática (Purestock/Purestock/Getty Images)

Coração

Os níveis de enzima no sangue são utilizados como um meio para determinar a função do coração, bem como quaisquer danos que ele possa ter sofrido após um ataque cardíaco. Tal como no caso do tecido do fígado, o do coração libera enzimas para a corrente sanguínea quando há danos. A creatina quinase (CK) é uma enzima contida no músculo cardíaco. Níveis normais de CK devem ficar abaixo de 174 dl em homens e 140 dl ou menos em mulheres. A gama-glutamil transferase (GGT) é outra enzima cardíaca proeminente que também serve como um marcador da função renal. Resultados normais de GGT variam entre 8 e 37 dl, em homens com menos de 45 anos de idade, e de 5 a 24 dl em mulheres com menos de 45 anos de idade. O intervalo para o sexo feminino, com idade de 45 anos ou mais, é de 6-37 dl, já que alterações hormonais começam a efetuar diferentes processos dentro do corpo.

Os níveis enzimáticos sanguíneos podem também determinar a função cardíaca (AlexRaths/iStock/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article