O que é retinol SA?

Escrito por isobel washington | Traduzido por marcos gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é retinol SA?
O retinol é usado para tratar a pele (Visage/Stockbyte/Getty Images)

O retinol é o termo do momento no mundo dos cuidados da pele. Ele tem sido usado como um ingrediente ativo de tratamento desde o início dos anos 1990, quando dermatologistas começaram a prescrevê-lo para melhorar as funções da pele já que esta substância é a forma natural da vitamina A (vitamina importante para a saúde da pele). Tem sido utilizado em uma variedade de produtos antirrugas e rejuvenescedores. O Retinol SA, de ação sustentada, é um exemplo de desenvolvimento de um produto pertencente ao grupo retinol, e para conhecê-lo, deve-se primeiro compreender o que é o retinol e como ele atua na pele.

Outras pessoas estão lendo

O retinol em produtos para a pele

O retinol é usado como uma solução anti-idade para recuperar a juventude da pele, suavizando sua tonalidade e textura. Se o ingrediente retinol for puro, estável e de concentração suficiente, ele pode reduzir a aparência sem cor da pele causada pelos danos do sol e suavizar as linhas de expressão com seu uso contínuo. Entretanto, os efeitos da aplicação localizada de retinol (sempre classificada como retinaldeído e retinil palmitato na listas de ingredientes) dependem de sua concentração, uma vez que este derivativo da vitamina A é conhecido por ser vulnerável à degradação externa. A pureza do retinol é indispensável pra sua eficiência, assim como também é imprescindível a qualidade e embalagem do produto. A embalagem deve ser hermética para que o retinol não esteja sujeito à significante degradação nas mãos da consumidora.

Benefícios

Com uso intenso e contínuo, o retinol é eficaz na luta e reversão dos sinais da idade. Não é tão agressivo como seu primo, o acido retinoico e por isso é adequado para peles sensíveis. Essa suavidade faz com que o produto seja gradualmente incorporado à uma rotina de cuidados diários com pele sem o risco de efeitos colaterais indesejados. Apesar de o ácido retinoico poder penetrar na pele instantaneamente e agir mais rápido e mais profundamente do que o retinol, ele também pode causar irritação na pele, assim como pruridos e vermelhidão. Muitos pacientes preferem retinol ao ácido retinoico, apesar deste levar vantagem nos resultados esperados.

Retinol de ação sustentada

Em Março de 2009, a companhia de cosméticos e produtos para a pele Neutrogena lançou uma nova linha de produtos anti-idade chamada ''Defesa Eterna'', desenvolvida para facilitar às mulheres na escolha de produtos eficazes para combater os sinais do envelhecimento na pele. Os produtos incluem ingredientes especiais, entre os quais está o retinol de ação sustentada. Esta substância é um ingrediente patenteado exclusivamente por esta empresa. A companhia afirma que o retinol de ação sustentada é diferente do retinol (e mereceu uma patente), por causa de sua habilidade em penetrar na pele e continuar a agir por 12 horas após sua aplicação para reduzir a despigmentação da pele e combater o aparecimento de linhas de expressão e rugas.

Confusão de nomes

Retinol e ácido retinoico são sempre confundidos e os dois termos são frequentemente trocados. Eles são derivativos da vitamina A, apesar destes ingredientes ativos serem distintos um do outro. O ácido retinoico pode ser imaginado como sendo um ''parente distante'' da vitamina A sendo uma versão mudada do retinol e que tem efeitos mais fortes e agressivos sobre a pele. O ácido retinoico pode dar resultados na pele mais rapidamente, uma vez que ele pode penetrar facilmente nela, provocar o crescimento de colágeno e trocas de células e, consequentemente, reduzir o aparecimento de rugas e descoloração da pele. O ácido retinoico ainda tem o alto risco de produzir efeitos colaterais como vermelhidão na pele, coceira e algumas vezes, erupções. O retinol é muito melhor para peles sensíveis.

Considerações

Combinar diferentes ingredientes ativos anti-idade pode não somente produzir efeitos colaterais indesejados, mas também resultar na ineficácia de um ou todos os ingredientes em algumas combinações. Também, devido às suas funções esfoliantes na pele, muitos ingredientes como retinol, ácido retinol de ação sustentada ou ácido retinoico deixam a pele mais sensível aos raios ultra-violeta e, consequentemente, mais propensa a exibir os sinais da idade, caso não esteja bem protegida. Por essas razões e para ter certeza de que a estratégia de rejuvenescimento é segura e eficaz, é crucial consultar um dermatologista antes de incorporar ingredientes como retinol ou ácido retinoico na rotina diária de cuidados da pele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível