Riscos e benefícios do Prozac

Escrito por dana severson | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Riscos e benefícios do Prozac
Na maioria das vezes, os benefícios compensam os riscos do uso do Prozac (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)

Assim como qualquer medicamento, o Prozac não só traz benefícios, ao ajudar pessoas com certas condições e transtornos, como também pode trazer alguns riscos. Na maioria das vezes, os benefícios à vida e o bem-estar da pessoa compensam os potenciais riscos, e a ocorrência desses efeitos adversos são raros. Contudo, como existe a chance, é recomendado consultar seu médico antes de iniciar o tratamento. Ele entenderá melhor como o Prozac poderá afetá-lo.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

O Prozac é considerado um inibidor seletivo de recaptação de serotonina, também chamado de ISRS, e é usado no tratamento da depressão e transtornos obsessivo-compulsivos e de ansiedade. Ele é essencialmente usado para equilibrar o cérebro do indivíduo, diminuindo os sentimentos opressores. Em alguns casos, a pessoa pode apresentar mudanças de comportamento ou humor quando estiver sob os efeitos do medicamento, efetivamente voltando sua atenção para outros pensamentos e sensações.

Benefícios

Além do óbvio benefício de uma vida mais produtiva e segura, indivíduos sob Prozac experienciam não apenas mudanças exteriores, mas também no nível de energia, permitindo que ele complete mais tarefas e atividades. Muitas vezes, a pessoa apresenta melhoras nos padrões de sono.

Considerações

Apesar de a maioria das pessoas sob Prozac sofrerem de depressão, ansiedade ou compulsões, foi descoberto que o medicamento é benéfico para outros transtornos e síndromes, incluindo a bulimia e uma condição chamada transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM), na qual a mulher basicamente sofre de transtornos emocionais e físicos durante a menstruação a um ponto que afeta sua rotina diária. No caso da bulimia, o Prozac diminui um pouco a necessidade de vomitar o alimento, não influenciando no apetite. No caso da TDPM, o medicamento pode diminuir muitos dos sintomas ligados à menstruação, inclusive depressão e irritabilidade.

Riscos

Apesar de os benefícios do Prozac compensarem quaisquer riscos potenciais, existem certos efeitos colaterais que podem acompanhar o uso desse medicamento, como sonolência ou problemas para dormir, fadiga, náusea e perda de apetite, tontura ou até ansiedade. Como as pessoas são diferentes, os médicos podem não saber ao certo como a pessoa reagirá ao medicamento, inclusive o Prozac. A comunicação constante é importante para tratar de maneira efetiva o transtorno que se está sofrendo. Naturalmente, é preciso consultar um médico imediatamente caso você experiencia qualquer efeito colateral enquanto estiver sob o Prozac.

Aviso

Na maioria das vezes, os efeitos colaterais devido ao uso do Prozac são relativamente pequenos, e nem todas as pessoas apresentam complicações. Contudo, existem poucos riscos ou efeitos colaterais significantes apresentados por pacientes, incluindo inquietação e tremores, mudanças na visão, mudanças na libido e habilidades sexuais ou movimentos involuntários. Em raros casos, alguns pacientes sofreram de efeitos colaterais nos quais foram observadas algumas mudanças no humor ou raciocínio, piorando a condição. Assim como com qualquer efeito colateral, nesses casos, é necessário conversar com o médico o mais rápido possível.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível