Os riscos da clorofila líquida

Escrito por theresa l johnston | Traduzido por ewerton lima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os riscos da clorofila líquida
Espinafre é uma excelente fonte de clorofila

A clorofila é o constituinte das plantas que faz com que suas partes tenham a coloração verde. Ela auxilia na produção de comida para a planta, armazenando a luz do sol por fotossíntese, a qual usa água, dióxido de carbono e luz do sol para fabricar carboidratos úteis. A clorofila, como é encontrada na natureza, propicia muitos benefícios à saúde, incluindo a proteção de seu DNA contra radicais livres que podem causar câncer. Entretanto, há alguns riscos associados ao uso da clorofila.

Outras pessoas estão lendo

Como um desodorizador

Desde os anos de 1940, a clorofila (ou o seu líquido derivado conhecido como "clorofilina") tem sido usada para reduzir o odor de ferimentos infectados. Como ela funcionava bem nesse quesito, as pessoas começaram a comercializá-la como enxaguante bucal e como controle de odor de fezes de pacientes que utilizavam sacos de colonoscopia. Apesar de não ser tão efetiva para esse uso, você ainda pode encontrar enxaguantes bucais de clorofila em lojas. Uma melhor forma de usar clorofila para refrescar o hálito seria comer salsinha após as refeições.

Como agente desintoxicante

Comidas integrais, especialmente cruas e vegetais minimamente processados, são efetivos na limpeza do cólon e no auxílio da desintoxicação do fígado e rins. Vegetais verdes folhosos merecem mais destaque. Embora possa ser inferido que a clorofila nessas plantas seja o agente que promove a desintoxicação, é mais provável que as fibras e eletrólitos contidos em produtos frescos sejam os responsáveis.

Como um aditivo de comida

Recentemente, há muita repercussão contra aditivos químicos de comida, devido à ideia de que eles possam causar alergias e outras doenças. A clorofilina está se tornando popular como um corante, porque é derivada de produtos naturais. De acordo com Jane Higden, Ph.D da Linus Pauling Institute at Oregon State University (Instituto Linus Pauling da Universidade Estadual do Óregon), "clorofilinas naturais não são tóxicas até onde se sabe, e nenhum efeito tóxico foi atribuído à clorofilina apesar de mais de 50 anos de uso clínico em humanos."

Como um agente contra o câncer

O pensamento dominante de que comer muitos vegetais folhosos verdes é bom para prevenir câncer tem suas raízes em várias coisas. Boa saúde de cólon, a qual é sustentada por um bom consumo de fibras, é primordial para se evitar doenças crônicas e baixas no sistema imunológico. A clorofila, e o seu derivado clorofilina, estão sendo estudados também por suas propriedades antioxidantes.

Efeitos colaterais da clorofila líquida

Já que a clorofila é benéfica quando consumida a partir de vegetais folhosos verdes e outras comidas, muitas pessoas agora a usam de forma concentrada, acreditando que assim seja ainda melhor. O líquido é feito processando clorofila de vegetais ou algas com composto de cobre de sódio. Mesmo que haja pouco perigo em se usar suplementos líquidos de clorofila, podem haver efeitos colaterais. Algumas pessoas experienciam urina esverdeada ou língua amarelada ou enegrecida após o uso prolongado de clorofila. Se você usá-la em algum corte como antisséptico, poderá sentir uma coceira temporária. Algumas pessoas podem ter diarreia. A clorofila também pode fazer com que um exame dê falso positivo para a existência de sangue nas fezes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível