Riscos da exposição à deltametrina

Escrito por michael wolfe | Traduzido por luigi bahia
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Riscos da exposição à deltametrina
A deltametrina é um inseticida comum (Insect image by Tim Osborn from Fotolia.com)

A deltametrina é um pesticida da família dos piretroides; sem cheiro nem odor, a deltametrina é derivada de crisântemos e frequentemente utilizada em jardins, campos de golfe e em interiores para controle de pragas. Assim como todos os piretroides, a deltametrina ataca o sistema nervoso dos insetos; no entanto, pode ser danosa também para humanos, caso haja exposição.

Outras pessoas estão lendo

Formigamento

Quando colocado sobre a pele, a deltametrina pode causar uma variedade de sensações, incluindo formigamento, coceira, queimação ou sensação de amortecimento. Estas geralmente desaparecem dentro de 48 horas após o final da exposição. Um estudo sobre o efeito da substância em ratos demonstrou que a deltametrina foi muito pouco absorvida pela pele, com a quantidade minúscula ainda assim absorvida sendo excretada para fora do corpo dentro de 24 horas.

Irritação nos olhos

A deltametrina pode ser irritante em contato com os olhos, causando inchaço, vermelhidão e a produção de lágrimas. Não existem estudos relatando danos permanentes nos olhos, nem a absorção da substância através dos olhos. No entanto os olhos são, assim como a boca e o nariz, regiões mucosas, características por sua alta taxa de absorção. Portanto, tome cuidado.

Ingestão

A deltametrina é relativamente atóxica e, se ingerida em pequenas quantidades, produz poucos estragos. As pessoas que ingeriram grandes quantidades de deltametrina tiveram náuseas, vômitos, dor abdominal e espasmos musculares. Estudos constatam os efeitos negativos da deltametrina em cães e gatos. Se ingerida em quantidades suficientes, pode causar vômitos, salivação excessiva, descoordenação motora, tremores musculares e até mesmo a morte. Após o consumo, o produto químico foi decomposto no corpo e eliminado dentro de dois dias.

Exposição a longo prazo

Os ratos e cães expostos a quantidades moderadas de deltametrina ao longo de dois anos não apresentaram efeitos nocivos nem prole com deformações de mães que ingeriram deltametrina. A deltametrina não é listada como carcinogênica, pois até agora nenhuma ligação foi estabelecida entre a exposição à deltametrina e o câncer.

Efeitos ambientais

Deltametrina apresenta muitos riscos para o meio ambiente. Segundo o Centro Nacional de Informação de pesticidas, é moderadamente a altamente tóxica para os peixes, mas relativamente pouco tóxica para aves e mamíferos. A deltametrina é especialmente devastadora para as abelhas, mas a toxicidade só foi constatada em abelhas de laboratório. Plantas e outros tipos de vegetação não foram prejudicados pelo inseticida, o que o torna um inseticida de exteriores bastante popular.

Sintomas adicionais

De acordo com a Cornell University, uma pesquisa mostra que dois terços dos 200 trabalhadores que tinham passado um dia embalando inseticidas semelhante à deltametrina em caixas relataram uma sensação de queimação e sensação de aperto e dormência na face, um terço ainda estava com o nariz escorrendo ou espirrando. Estes sintomas geralmente ocorrem 30 minutos após a exposição e raramente duram mais de um dia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível