Como fazer uma rosa em crochê irlandês

Escrito por sabrina savra | Traduzido por carol matos
Como fazer uma rosa em crochê irlandês
O crochê irlandês foi criado durante a década de 1850 no pitoresco condado de Cork, na Irlanda (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

As mulheres europeias de meados da era vitoriana coravam só em pensar usar rendas de crochê, pois corriam rumores que as peças eram feitas por prostitutas. Durante a crise da cultura da batata de 1850, um grupo de freiras Ursulinas do Condado de Cork ensinou mulheres e crianças a fazer o crochê rendado. A técnica foi disseminada na Irlanda e tornou-se uma indústria próspera. Até a Primeira Guerra Mundial, xales, enfeites e acessórios de crochê irlandeses tornaram-se muito populares. As rendas do crochê irlandês são trabalhadas com linha branca superfina, apresentando motivos de rosas, flores, trevos, folhas e ramos em uma malha ricamente trabalhada.

Instruções

    Rosa de crochê irlandesa com cinco pétalas

  1. 1

    Carreira de base: Faça oito correntes e feche em círculo com um ponto baixíssimo. O ponto baixíssimo é trabalhado passando a agulha pelo topo da alça da corrente seguinte, dando uma laçada e puxando o fio por entre as alças que estão na agulha.

  2. 2

    Primeira volta: Suba uma corrente (equivale ao primeiro ponto baixo) e trabalhe quinze pontos baixos dentro do círculo, fechando com um ponto baixíssimo na primeira corrente.

  3. 3

    Segunda volta: Trabalhe um ponto baixo e um meio-ponto alto no primeiro ponto baixo (da volta anterior). Depois, trabalhe três pontos altos no ponto baixo seguinte, um meio-ponto alto e um ponto baixo no próximo ponto baixo. Repita essa sequência até chegar ao final do círculo. Feche com um ponto baixíssimo no primeiro ponto baixo. Serão cinco pétalas no total.

  4. 4

    Terceira volta: Trabalhe um ponto baixo no mesmo espaço do ponto baixíssimo. Faça dez correntes e um ponto baixo entre os dois pontos baixos da volta anterior — os dois pontos baixos no final da primeira pétala. Repita essa sequência até criar cinco alças em torno das pétalas. Feche com um ponto baixíssimo no primeiro ponto baixo. Se tudo estiver correto, deverá haver cinco alças com as extremidades unidas entre cada pétala. Isso será a base para a borda final.

  5. 5

    Quarta volta: Trabalhe quinze pontos baixos em cada uma das dez alças e cinco correntes. Feche com um ponto baixíssimo no primeiro ponto baixo. Cada corrente com dez alças deve ter quinze pontos baixos trabalhados dentro dela. Arremate e esconda os fios que sobraram.

O que você precisa?

  • Um novelo de fio com espessura superfina em qualquer cor ou material
  • Agulha de crochê de 2,5 mm ou 2,75 mm

Lista completaMinimizar

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível