Roupas de casamento para homens puritanos no século 16

Escrito por ariel schaub | Traduzido por lúcia collischonn de abreu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Roupas de casamento para homens puritanos no século 16
Os homens puritanos usavam nos casamentos a mesma roupa que usavam para ir à igreja (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Na época em que o navio Mayflower partiu para a América do Norte em 1620, os puritanos eram um movimento religioso já estabelecido cujas roupas refletiam suas preferências morais por um estilo de vida modesto, assim como uma influência da moda holandesa. A perseguição religiosa na Inglaterra levou os puritanos primeiro à Holanda e depois ao Novo Mundo. Entretanto, durante o século 16 (anos 1500) os puritanos estavam apenas emergindo como um grupo de reformadores morais e suas roupas eram equivalentes a dos ingleses comuns. Já que as roupas ainda eram costuradas à mão, somente os homens mais ricos conseguiam bancar roupas de casamento distintas. A maioria simplesmente vestia a melhor roupa que tinha.

Outras pessoas estão lendo

Gibão

O gibão (ou doublet), um casaco justo com mangas destacáveis, era uma peça do vestuário masculino durante o século 16. No fim dos anos 1500, quando o movimento Puritano começou a florescer, os gibões eram normalmente feitos com uma cintura mais estreita e com frequência possuiam enchimentos na região abdominal e no peito, uma técnica conhecida como bombasting (grandiloquência). A porção do gibão localizada abaixo da linha da cintura era chamada de saia. Essas variavam em tamanho, mas eram normalmente curtas. Uma camisa simples era usada por baixo.

Colarinho de pregas

O colarinho de pregas era branco, amplo, feito para ficar em pé, firme ao redor do pescoço. Os puritanos são normalmente retratados usando um simples colarinho para baixo, um estilo mais simples de colarinho comum na época. Em comparação, o colarinho de pregas parecia chamativo, mas nos anos 1500, um pequeno colarinho desse tipo eram considerado elegante e apropriado até mesmo para o usuário mais conservador. Homens puritanos ricos usavam-no regularmente e qualquer homem que pudesse pagar gostaria de usar tal colarinho em seu casamento. Às vezes, versões pequenas desse colarinho de pregas eram usadas ao redor do pulso, como punhos.

Roupas de casamento para homens puritanos no século 16
O colarinho de pregas já foi tão clássico quanto a gravata moderna (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Bermudas (breeches)

Homens usavam bermudas chamadas de upperstocks ou canions. As upperstocks mais frequentemente associadas com roupas puritanas masculinas tinham pernas amplas que ficavam justas e eram abotoadas logo acima ou abaixo do joelho, deixando com que o tecido em excesso se infle criando uma forma de sino. Um homem puritano teria evitado um visual extravagante ao optar por tecidos de cores sóbrias, mesmo que não necessariamente escuras, para suas calças e gibão.

Meias

Junto com as bermudas (breeches), os homens puritanos usavam meias, chamadas de netherstocks. Instrumentos mecânicos para tricotar só foram inventados no fim do século 16, e já que tricotar a mão levava muito tempo, as meias-calças eram feitas de um tecido cortado na diagonal para aumentar a flexibilidade. Entretanto, as tricotadas eram mais elegantes e cabiam melhor. Então, se possível, um noivo usaria meias-calças tricotadas a mão junto com um sapato. Botas eram somente para trabalhar ou para montaria.

Chapéu

Durante o século 16, um homem puritano provavelmente usaria um chapéu alto com uma copa redonda e aba estreita. De acordo com o livro de Perry Miller e Tomas H. Johnson, "The Puritans: A Sourcebook of Their Writings" ( Os puritanos: O livro de fontes de seus escritos), o estereótipo de chapéu de peregrino, com coroa achatada e aba larga, nunca foi usado pelos puritanos. De qualquer forma, é improvável que usassem tais chapéus na Inglaterra do século 16, já que esse estilo reflete a influência holandesa.

Roupas de casamento para homens puritanos no século 16
O chapéu e colarinho clássicos dos peregrinos não eram usados pelos puritanos do século 16. (Creatas/Creatas/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível