Roupas masculinas e femininas dos anos 1950

Escrito por michele cooper | Traduzido por mariana pelicano
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os anos 1950 foram uma época empolgante para a moda. A Segunda Guerra Mundial havia acabado, assim como o racionamento que se estendeu pelas roupas durante o período. Estilistas começaram a utilizar muitos tecidos no começo da década, junto com pedrarias, plissagem e bordado. Roupas casuais lentamente se tornaram mais aceitáveis, à medida que a década avançada, enquanto os adolescentes começaram a comprar roupas para eles mesmos, criando um estilo próprio e um novo mercado de moda.

Outras pessoas estão lendo

Moda tradicional

A moda tradicional era basicamente uma norma durante a maior parte dos anos 1950. As pessoas queriam mimar-se com as roupas e tecidos após a guerra e os estilistas expressavam isso em estilos elegantes. Mulheres, na maioria, usavam vestidos, chapéus, luvas e sapatos sociais. A cinta era uma peça comum no guarda-roupa. Homens usavam ternos de flanela e lã de cores escuras com gravatas escuras e neutras. Chapéus frequentemente completavam o conjunto para a maioria deles.

Moda casual

A moda casual dos anos 1950 era usada nos finais de semana e, lentamente, se tornou uma regra ao final da década. O visual "arrumadinho" era popular entre os jovens e alguns adultos. Os homens usavam suéteres cardigã, calças de algodão e camisas de manga curta abotoadas. As mulheres usavam calças e blusas casuais apenas em certas situações, como em festas no jardim. A saia poodle era o estilo mais conhecido nos anos 1950, apesar de saias simples plissadas, saias rodadas e lápis serem mais usadas.

Adolescentes e crianças

A roupa para os jovens era mais casual nos anos 1950. As crianças usavam "dungarees", como eram chamados os jeans naquela época, para brincar fora. Roupas de marinheiro eram populares entre as meninas jovens, assim como macacões. As meninas podiam usar shorts e blusas, mas apenas em situações casuais. As crianças se arrumavam para ir a escola, e isso significa vestidos para as meninas e calças para os meninos. Suéteres cardigã eram populares entre as garotas, assim como saias de algodão com anáguas por baixo.

Estilistas

Christian Dior foi um dos mais influentes estilistas dos anos 1950. Ele apresentou o "Novo Visual", ajustado de acordo com as curvas acentuadas das mulheres. Um de seus estilos populares foi o de conjuntos de duas peças para mulheres, que consistiam em uma saia A, ou lápis, e um casaco ajustado. Dior influenciou a alta costura até a sua morte, em 1957. Após ele, Yves Saint Laurent, seu pupilo, tomou o seu lugar. Laurent criou a linha de roupas "trapézio", que trouxe o popular casaco em lã buclê para a vanguarda da moda.

Moda "radical"

Apesar se não ser muito aceito, alguns jovens preferiam uma moda incomum nos anos 1950. A era rock-and-roll influenciou muitos jovens, que queriam copiar Elvis Presley. No final da década, não era incomum ver garotas e garotos jovens em jeans, botas e jaquetas de couro. As meninas também usavam calças apertadas nos tornozelos com polainas de balé ou vestidos com alças como as de macacões. Estes estilos foram levados até os anos 1960, uma década que acabou com a moda mais conservativa dos anos 1950.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível