Que roupas eram usadas na época colonial?

Escrito por aksana nikolai | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que roupas eram usadas na época colonial?
Membros da nobreza usavam vestidos elaborados (http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Badger_attributed_Two_Children_Detail_of_Boy.jpg)

Como em todo período histórico, a época colonial tinha suas próprias regras sobre o que vestir, que governavam os tipos e estilos de vestimenta que eram apropriados para diferentes ocasiões e temperaturas. Tendências de moda, ocupação, status social e poder econômico eram muitos dos fatores que determinavam o que cada cidadão colonial deveria usar e, atualmente, uma abordagem possível para compreender as roupas coloniais envolve a divisão em categorias de gênero, ocasião e classe social.

Outras pessoas estão lendo

Roupas masculinas formais

O código do que vestir ditava que os homens deveriam usar ternos para ocasiões formais. Feitos de tecidos como casimira de lã ou seda, esses ternos eram enfeitados com botões destacados. Homens que faziam parte das classes superiores encomendavam ternos feitos sob medida em Londres, mas outras maneiras de trajes formais incluíam coletes, calças de listras feitas em veludo, blusas brancas e meias. O homem colonial completaria o visual com uma peruca empoada e sapatos de couro enfeitados com fivelas de metal polido.

Roupas formais femininas

Para ocasiões formais, como um baile, a maioria das mulheres coloniais usaria um vestido, geralmente feito em seda e com muitos babados que começavam nos cotovelos e no final da saia. A parte de cima consistia em um corpete coberto com um espartilho, feito com ossos, e a saia, feita com camadas de tecido drapeado medindo vários metros, era geralmente cortada para revelar uma segunda saia, mais leve, conhecida como anágua.

Roupa masculina casual

Para se adaptar às altas temperaturas do verão colonial, mesmo os homens das classes superiores se vestiam com roupas informais, escolhendo calças e meias feitas com tecidos facilmente laváveis, como linho e algodão. Os ternos eram trocados por casacos sem forro e coletes leves, também de linho ou algodão. Como os homens transpiravam ao longo dos dias de verão, eles usavam seus coletes para esconder qualquer sinal de suor, enquanto uma boina leve e fina protegia a cabeça do homem do sol escaldante.

Roupas casuais femininas

As roupas casuais femininas durante a época colonial incluíam roupas informais conhecidas por roupa de cama, e eram usadas diariamente, particularmente quando se realizavam as tarefas domésticas. Feitas de tecido solto, tinham mangas três quartos e eram usadas junto com uma anágua e algumas vezes com um espartilho, resultando em um traje prático e confortável que oferecia à mulher liberdade de movimento. Além disso, por volta de 1780, apareceram novas tendências da moda casual, fazendo com que as mulheres encurtassem as saias até a altura dos tornozelos.

Roupas dos escravos

Os donos de terra coloniais queriam que todos os escravos, cujos dias consistiam em trabalhar nos campos e realizar tarefas domésticas, se vestissem de maneira igual. A roupa de um escravo homem consistia em uma camisa de linho, meias de lã e um gorro de malha, e essas roupas eram feitas de tecidos baratos importados comprados especificamente para vesti-los. As roupas femininas incluíam uma espécie de manto feito de chita, e aventais. Tanto homens quanto mulheres escravos tentavam personalizar suas roupas usando seus cabelos de maneira elaborada, lenços para envolver suas cabeças e costurando pedaços de tecido decorativos em suas roupas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível