A ruptura da fáscia plantar versus a da fascite plantar

Escrito por rona aquino | Traduzido por poliana r. garrido
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A ruptura da fáscia plantar versus a da fascite plantar
A fascite plantar e a ruptura da fáscia plantar são lesões nos pés muito dolorosas (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

A fascite plantar e a ruptura da fáscia plantar são duas lesões nos pés que podem ser causadas ​​por muitos fatores. Ambas podem ser muito dolorosas e os sintomas incluem dor na parte inferior do calcanhar. A ruptura da fáscia plantar é uma lesão mais grave do que a fascite plantar.

Outras pessoas estão lendo

Fáscia plantar

A fáscia plantar é a espessura da banda de tecido que cobre os ossos na parte inferior do pé. Trata-se do tecido conjuntivo que se estende desde o calcanhar até os ossos dos dedos do pé. Se esse músculo é usado em demasia ou tensionado, pode tornar-se irritado e inflamado, o que é denominado fascite plantar. Quando ele rasga, a condição é chamada de ruptura da fáscia plantar.

Fascite plantar

A fascite plantar, a irritação e inchaço dos ligamentos e músculos na parte de baixo do pé, pode causar dor no calcanhar e no arco do pé, a qual muitas vezes leva a uma diminuição da quantidade de atividade. O inchaço é causado por excesso de alongamento do tecido fibroso por uma série de fatores que podem incluir problemas no arco, corrida, obesidade e uso de sapatos mal ajustados.

A ruptura da fáscia plantar

Uma fascite plantar, por vezes, pode conduzir à ruptura da fáscia plantar se tensão contínua é aplicada ao tecido já inchado e irritado, na parte inferior do pé. Os sintomas incluem inflamação, hematomas e dor aguda na área afetada. Esta lesão provoca a incapacidade de ficar em pé, executar ou participar da maioria dos esportes. Atletas que têm aumentam seu treinamento e atividade desportiva de forma repentina podem causar esse dano.

Tratamento

A fascite plantar pode ser tratada de forma conservadora, com medicamentos anti-inflamatórios, massagem com gelo, alongamento suave, descanso e modificação de atividade. Para os atletas, é necessária uma abordagem diferente, mais suave, do treinamento. Corredores devem evitar morros, superfícies duras, superfícies instáveis ​​e sapatos mal ajustados.

A ruptura da fáscia plantar é mais grave e, além dos tratamentos caseiros conservadores, pode exigir mais descanso e cuidados médicos. Cirurgia e fisioterapia são dois métodos eficazes que podem ser realizados para curar e reabilitar esta lesão.

Fatores de risco

De acordo com a American Academy of Orthopaedic Surgeons, se você é uma mulher, está acima do peso, ou se tem um trabalho que exige andar muito ou ficar de pé em superfícies duras, estará mais propenso a sofrer lesões na fáscia plantar. Pessoas que correm ou caminham como exercício também sofrem risco, bem como aqueles que têm estruturas de pé anormais, como pés chatos ou arcos altos.

Advertências

Se você está sofrendo de fascite plantar ou ruptura da fáscia plantar, consulte o seu médico em primeiro lugar em relação a seus problemas ortopédicos, para averiguar medicamentos e outros tratamentos, uma vez que pode ter condições específicas que precisem ser avaliadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível