O salário médio dos pedreiros

Escrito por aurelio locsin | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O salário médio dos pedreiros
Pedreiros também são conhecidos como construtores (Alistair Berg/Digital Vision/Getty Images)

Pedreiros utilizam concreto e pedras naturais para criar paredes, pisos, lareiras e outras estruturas. A maior parte aprende o seu ofício no trabalho, embora alguns estudem em escolas de comércio ou como aprendizes. O mais bem pago pode ganhar 2,5 vezes mais do que o mais mal pago.

Outras pessoas estão lendo

Médios

Em maio de 2009, o salário médio de um pedreiro nos EUA era de R$ 44,94 por hora ou 93.480 reais por ano, com os 10 por cento mais mal pagos recebendo R$ 13,45 ou 55.940 reais por ano, e os 10 por cento mais bem pagos ganhando R$ 73,96 ou 153.820 reais por ano. Esta informação é fornecida pelo Departamento de Estatísticas Trabalhistas dos EUA.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho pode determinar os salários, sendo os cinco mais bem pagos: empreiteiros de construção de acabamentos, com uma média de 63,50 reais por hora ou R$ 132.080 ao ano; do governo local, com uma média de 62,86 reais por hora ou R$ 130.760 ao ano, do governo federal, com uma média de R$ 51,22 reais por hora ou R$ 106.540 ao ano; na reparação de máquinas industriais, comerciais e manutenção, com uma média de 57,00 reais por hora ou R$ 118.560 ao ano; e os empreiteiros especialistas, com uma média de 51,56 reais por hora ou R$ 107.260 ao ano.

Estados

A renda pode também variar por estado. Os cinco que pagam melhor são os estados de Massachusetts, com uma média de R$ 75,56 por hora ou R$ 157.160 ao ano; Alasca, com uma média de R$ 67,34 por hora ou R$ 140.080 ao ano; Illinois, com uma média de R$ 64,82 por hora ou R$ 134.820 ao ano; Minnesota, com uma média de R$ 58,80 por hora ou R$ 122.300 ao ano; e Havaí, com uma média de 48,40 reais por hora ou R$ 121.480 ao ano.

Cidades

A cidade em que um trabalho é realizado afeta também o valor dos salários. As que pagam melhor são: St. Joseph, Missouri, em que a compensação é de 82,02 reais por hora ou R$ 170.600 ao ano; Boston, 79,92 reais por hora ou R$ 166.220 ao ano; San Francisco, 71,74 reais por hora ou R$ 129.200 ao ano; Springfield, Massachusetts, 70,08 reais por hora ou R$ 145.780 ao ano; e Atlantic City, Nova Jersey, 69,82 reais por hora ou R$ 145.220 ao ano.

Niveis de emprego

As áreas com maiores oportunidades de emprego não necessariamente são aquelas que oferecem os maiores salários. Nos exemplos a seguir, nenhum dos lugares com a melhor classificação de emprego estão entre os cinco melhores no quesito compensação. Para as indústrias, os dois que melhor pagam são: estrutura de fundação e empreiteiros de obras exteriores, onde se recebe R$ 46,30 por hora ou R$ 96.320 ao ano, e construção de edifícios não residenciais, em que o salário é de R$ 50,92 por hora ou R$ 105.980 ao ano. Os estados com a maior concentração de profissionais são Rhode Island, com uma média de 48,62 reais por hora ou R$ 101.020 ao ano, e Missouri, com uma de 53,88 reais por hora ou R$ 112.060 ao ano. Por fim, as cidades com o maior número de trabalhadores per capita são Palm Coast, Flórida, com salários de 32,84 reais por hora ou R$ 68.280 ao ano, e Lynchburg, Virgínia, com salários de 41,04 reais por hora ou R$ 85.360 ao ano.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível