Sangramentos nasais unilaterais em cães

Escrito por jennifer lynn | Traduzido por luigi bahia
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sangramentos nasais unilaterais em cães
Hemorragias nasais caninas unilaterais podem resultar de condições levianas ou graves. (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Hemorragias nasais unilaterais em caninos são sangramentos que ocorrem tanto na passagem nasal esquerda quanto na direita, mas jamais simultaneamente em ambas. Quando estas hemorragias ocorrem, os cães geralmente fungam ou espirram anteriormente ao sangramento (também conhecido como epistaxe). O sangue pode então escorrer, ou ser pulverizado por espirros ou expirações abruptas. Hemorragias nasais unilaterais podem ser o resultado de muitas questões subjacentes e, portanto, o diagnóstico, tratamento e prognóstico dependem de um exame cuidadoso por médicos veterinários.

Outras pessoas estão lendo

Causas do sangramento

Existem muitas causas e condições que podem levar a hemorragias nasais unilaterais em cães. O problema pode surgir a partir de uma irritação nas passagens nasais causada por espirros excessivos. O espirro é geralmente o resultado de ar seco ou poluentes como fumaça, poeira ou sujeira. As infecções bacterianas ou fúngicas também podem levar a condições nas passagens nasais de cães que podem torná-las propensas ao sangramento. Lesões também podem causar hemorragias nasais em cães. Mazelas em áreas próximas a vias nasais caninas, como os dentes ou seios infeccionados, também podem contribuir para o sangramento unilateral. No entanto, hemorragias nasais unilaterais, por vezes, surgem de condições menos comuns, porém mais graves. Coágulos sanguíneos, anemia e tumores benignos ou malignos podem provocar hemorragias nasais.

Raças suscetíveis aos sangramentos

Tipicamente, Raças caninas com longas narinas são mais propensos a desenvolver o sangramento unilateral. Por exemplo, cãos como collies de narinas extensas são os cães que mais apresentam sangramentos nas vias nasais, No entanto, algumas raças também são mais suscetíveis a tumores nasais e, portanto, são mais propensas a apresentar hemorragias nasais unilaterais. Sheepdogs, retrievers, basset hounds e alguns Terriers são raças que são mais propensas do que as outras a desenvolver tumores em torno das passagens nasais que resultam em sangramento.

Sintomas de sangramento unilateral

Cães que têm hemorragias nasais unilaterais, muitas vezes têm sintomas antes que o sangue esteja realmente a correr. Tosse, respiração ruidosa e espirros podem ocorrer. Os cães podem também parecem ter dificuldade para respirar, podem roncar e podem coçar o nariz com as patas por causa de desconforto dentro das passagens nasais. Muitas vezes, espirros que já apresentam sangue irão ocorrer antes do nariz começar a sangrar. Além disso, os cães com problemas de saúde mais graves, como o câncer nasal, podem ter edema facial, olhos lacrimejantes e letargia, juntamente com hemorragias nasais unilaterais.

Sangramentos nasais unilaterais em cães
Algumas raças são mais propensas a sangramentos do que outras (Apple Tree House/Lifesize/Getty Images)

Diagnóstico das causas do sangramento

Veterinários vão fazer uma série de exames para diagnosticar a causa de hemorragias nasais unilaterais em caninos. Exames de sangue, biópsias e raios-x são usados ​​para ajudar a descobrir por que as hemorragias nasais estão acontecendo. Um rinoscópio que utiliza um tubo com uma câmara é eventualmente utilizado para determinar se uma obstrução nasal está presente. Tomografias são úteis em caso de suspeita de câncer nasal.

Tratamentos

Se o diagnóstico de uma hemorragia nasal unilateral indicar que o cão afetado é sensível a alérgenos específicos ou substâncias irritantas, tratar o sangramento é tão simples quanto eliminar da causa do problema. As infecções são facilmente tratadas com remédios, soluções nasais podem ser prescritos para ajudar a aliviar as passagens nasais secas e irritadas. Amplificar a umidade do ar com um umidificador também pode ser recomendado. No entanto, se a formação de coágulos de sangue ou tumores estão presentes, pode ser necessária cirurgia. No caso de tumores cancerosos, a radiação terapêutica é geralmente recomendada, juntamente com a remoção cirúrgica do tumor maligno. Estes tipos de câncer canino são muitas vezes invasivos e de crescimento rápido. Os cães que tenham hemorragias nasais unilaterais como resultado de tumores podem viver um ano ou menos, se se trata de uma forma agressiva da doença. Se o tumor for diagnosticado nos estágios iniciais, no entanto, a expectativa de vida normal é provável.

Sangramentos nasais unilaterais em cães
Exames veterinários são imperativos ao detectar-se sangramentos nas narinas de seu cão (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível