Sapatos de plataforma nos anos 70

Escrito por catherine mezensky | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sapatos de plataforma nos anos 70
Sapatos malucos com salto de plataforma foram moda nos anos 70 (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

O salto plataforma é uma moda icônica dos anos 70. Este tipo de sapato não era novo, mas nessa década foram produzidos os estilos mais coloridos e malucos. Novos materiais fizeram com que eles fossem mais práticos e fáceis de usar do que os sapatos de plataforma do passado. Estrelas do rock influenciaram os estilos, mas pessoas de qualquer idade usavam esses saltos práticos e estáveis.

Outras pessoas estão lendo

A história dos sapatos de plataforma

Saltos plataforma existiam bem antes de 1970. Sapatos com solas grossas e saltos altos eram usados desde do século 17, quando sapatos com plataforma de madeira foram criados para manter as mulheres ricas longe da lama. Eles eram altos, não eram práticos e eram difíceis de usar. Durante o século 20, eles voltaram a ser usados na década de 30. Nos anos 40, os sapateiros desenvolveram o salto de rolha, tornando os sapatos mais leves, o que era ideal para as plataformas dos anos 70.

A moda dos anos 70 emerge

No fim da década de 70, as mulheres começaram a usar saltos plataforma, anunciados primeiramente na revista "Seventeen", em 1970. Eles eram diferentes dos sapatos de cunha porque a altura também era adicionada à sola. No começo dos anos 70, "Kork-ease" tornou-se a marca mais popular de saltos plataforma. Os saltos eram feitos de madeira e cortiça, com tecido ou couro por cima.

Usando saltos plataforma

Com o surgimento da moda, a maioria dos jovens usou o salto plataforma, mas pessoas de todas as idades usavam-no para parecerem mais altas. Os centímetros extras (de 2,5 a 12,5 cm) embaixo da base faziam com que o sapato fosse mais estável e mais fácil de andar do que os sapatos de salto alto. Mulheres usavam-nos com minissaias, e algumas acreditavam que saltos altos somente no calcanhar faziam com que elas parecessem menos sexy. Homens e mulheres podiam usar o mesmo tipo de sapato, o que funcionou bem com a moda unissex dos anos 70.

Materiais usados comumente

Os saltos plataforma de antigamente tinham fundos mais grossos, mas não se pareciam com os dos anos 70. Os fabricantes tinham que usar materiais leves como cortiça, acrílico, madeira ou plexiglas para fazer as solas e os saltos mais altos. Além do couro e do vinil, os revestimentos eram muitas vezes feitos de tecido, como lona ou camurça. Os clientes preferiam aqueles que tinham cores malucas e estampas. Muitas vezes a base do sapato era coberta com o mesmo material que o topo.

A moda passa

Os historiadores da moda consideram os saltos plataforma dos anos 1970 como a moda de sapato mais longa já existente. No ápice dela, as pessoas corriam para imitar estrelas do rock como Elton John, David Bowie e a banda Kiss, que usavam sapatos com salto plataforma no palco. Eles também foram muito usados com roupas de discoteca. Ao longo da década, tornaram-se tanto mais extremos como mais acessíveis. Muitas pessoas sentiam-se confortáveis usando tênis de plataforma ou botas e até mesmo plataformas ortopédicas. A moda passou quando a década de 70 chegou ao fim.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível