on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Quanto um sargento da marinha aposentado ganha por ano?

Atualizado em 23 março, 2017

Qualquer sargento da Marinha que tenha servido 20 anos em função ativa ou como reservista, e que tenha pelo menos 60 anos de idade, qualifica-se para receber uma pensão militar do Departamento de Defesa. Como os sargentos atingem o teto do salário de sua classe -- R$ 5.808,73 mensais após 12 anos no Corpo de Fuzileiros -- todos os sargentos que se qualificam para a aposentadoria do Corpo recebem a mesma pensão. No entanto, os montantes das pensões podem variar de acordo com o tempo de início do serviço e o tipo de aposentadoria escolhida.

As pensões militares variam de acordo com o tempo de início do serviço e o tipo de aposentadoria escolhida (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)

Plano de aposentadoria Alto-3

Todos os fuzileiros navais ativos que se alistaram após 08 de setembro de 1980, podem optar por se aposentar com o plano de aposentadoria Alto-3. O Departamento de Defesa usa a média de três anos de remuneração básica da Marinha, com os salários mais altos como base, então é pago 50% dessa média. Para cada ano de serviço além da marca de 20 anos, um aposentado recebe um adicional de 2,5% do seu salário base, com uma pensão máxima equivalente a 100% da sua pensão final. Por exemplo, um sargento fuzileiro naval que se aposenta após 20 anos no Corpo de Fuzileiros recebe R$ 2.904,37 mensais a partir de 2011 - 50% de R$ 5808,74 - enquanto um sargento com uma carreira de 30 anos recebe R$ 4.356,55 mensais, ou 75% - 50%, mais 2,5% por ano extra de serviço - de seu salário base.

Loading...

Plano de carreiras Status Bonus/Redux

Os marinheiros que se alistaram após 01 de agosto de 1986 podem optar por receber uma pensão com base na fórmula Alto-3 ou seguir o plano de carreiras Status Bonus/Redux. Os que escolhem o plano "status bonus" recebem um bônus de assinatura de R$ 58.692,00 no início de seu 15 º ano de serviço, e se comprometem a servir por pelo menos 20 anos. Por causa desse bônus, quando um fuzileiro naval que escolheu esta opção de pensão se aposenta, ele recebe 40% de seus três maiores salários anuais como pensão base. Para cada ano além dos 20 que servir, a sua pensão aumenta em 2,5%. No entanto, os marinheiros nesse plano que se aposentam antes dos 30 anos de serviço, têm uma diminuição de 1% para cada anos a menos dos 30. Por exemplo, um fuzileiro naval que se aposenta após 25 anos de serviço recebe uma pensão base de R$ 2.320,29 mensais, mais um adicional de 2,5 - (2,5 x 5 anos adicionais de serviço) - (1 x 5 anos a menos dos 30 anos de serviço) do total de uma pensão mensal de R$ 2.465,06.

Aposentadoria de um reservista

Um reservista com pelo menos 60 anos de idade e com mais de 20 anos de serviço pode se aposentar como sargento e receber uma pensão limitada. Os reservistas dividem seu número total de pontos de reserva por 360, essa conversão dá a equivalência do tempo total de alistamento. O sargento deve multiplicar este número por 2,5 para determinar a porcentagem do salário de sargento que será paga como pensão mensal ; isso se for escolhido o plano Alto-3. Aqueles que optarem pelo plano Redux devem fazer essa conversão e aplicar a fórmula Redux com base em sua remuneração de serviço ativo.

Aumento do custo de vida

O Departamento de Defesa não congela as pensões de um sargento aposentado. A cada ano, o departamento faz ajuste nas pensões militares baseado-se no custo de vida. Esses ajustes são normalmente em torno de 3% ao ano, mas pode variar dependendo das condições econômicas.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...