Vida

Quanto um sargento da marinha aposentado ganha por ano?

Escrito por wilhelm schnotz | Traduzido por jesse mourao
Quanto um sargento da marinha aposentado ganha por ano?

As pensões militares variam de acordo com o tempo de início do serviço e o tipo de aposentadoria escolhida

Photos.com/AbleStock.com/Getty Images

Qualquer sargento da Marinha que tenha servido 20 anos em função ativa ou como reservista, e que tenha pelo menos 60 anos de idade, qualifica-se para receber uma pensão militar do Departamento de Defesa. Como os sargentos atingem o teto do salário de sua classe -- R$ 5.808,73 mensais após 12 anos no Corpo de Fuzileiros -- todos os sargentos que se qualificam para a aposentadoria do Corpo recebem a mesma pensão. No entanto, os montantes das pensões podem variar de acordo com o tempo de início do serviço e o tipo de aposentadoria escolhida.

Outras pessoas estão lendo

Plano de aposentadoria Alto-3

Todos os fuzileiros navais ativos que se alistaram após 08 de setembro de 1980, podem optar por se aposentar com o plano de aposentadoria Alto-3. O Departamento de Defesa usa a média de três anos de remuneração básica da Marinha, com os salários mais altos como base, então é pago 50% dessa média. Para cada ano de serviço além da marca de 20 anos, um aposentado recebe um adicional de 2,5% do seu salário base, com uma pensão máxima equivalente a 100% da sua pensão final. Por exemplo, um sargento fuzileiro naval que se aposenta após 20 anos no Corpo de Fuzileiros recebe R$ 2.904,37 mensais a partir de 2011 - 50% de R$ 5808,74 - enquanto um sargento com uma carreira de 30 anos recebe R$ 4.356,55 mensais, ou 75% - 50%, mais 2,5% por ano extra de serviço - de seu salário base.

Plano de carreiras Status Bonus/Redux

Os marinheiros que se alistaram após 01 de agosto de 1986 podem optar por receber uma pensão com base na fórmula Alto-3 ou seguir o plano de carreiras Status Bonus/Redux. Os que escolhem o plano "status bonus" recebem um bônus de assinatura de R$ 58.692,00 no início de seu 15 º ano de serviço, e se comprometem a servir por pelo menos 20 anos. Por causa desse bônus, quando um fuzileiro naval que escolheu esta opção de pensão se aposenta, ele recebe 40% de seus três maiores salários anuais como pensão base. Para cada ano além dos 20 que servir, a sua pensão aumenta em 2,5%. No entanto, os marinheiros nesse plano que se aposentam antes dos 30 anos de serviço, têm uma diminuição de 1% para cada anos a menos dos 30. Por exemplo, um fuzileiro naval que se aposenta após 25 anos de serviço recebe uma pensão base de R$ 2.320,29 mensais, mais um adicional de 2,5 - (2,5 x 5 anos adicionais de serviço) - (1 x 5 anos a menos dos 30 anos de serviço) do total de uma pensão mensal de R$ 2.465,06.

Aposentadoria de um reservista

Um reservista com pelo menos 60 anos de idade e com mais de 20 anos de serviço pode se aposentar como sargento e receber uma pensão limitada. Os reservistas dividem seu número total de pontos de reserva por 360, essa conversão dá a equivalência do tempo total de alistamento. O sargento deve multiplicar este número por 2,5 para determinar a porcentagem do salário de sargento que será paga como pensão mensal ; isso se for escolhido o plano Alto-3. Aqueles que optarem pelo plano Redux devem fazer essa conversão e aplicar a fórmula Redux com base em sua remuneração de serviço ativo.

Aumento do custo de vida

O Departamento de Defesa não congela as pensões de um sargento aposentado. A cada ano, o departamento faz ajuste nas pensões militares baseado-se no custo de vida. Esses ajustes são normalmente em torno de 3% ao ano, mas pode variar dependendo das condições econômicas.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media