Saúde felina: o câncer de estômago

Escrito por naomi vogel | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Saúde felina: o câncer de estômago
O câncer de estômago é fatal, mas o conforto é que ele é raro (mean kitty image by Stephen Orsillo from Fotolia.com)

O câncer de estômago em gatos é fatal se diagnosticado nas fases avançadas. Infelizmente é difícil diagnosticá-lo a tempo, pois os sintomas não aparecem até as fases avançadas. Os donos desses animais podem ser confortados e tranquilizados pelo fato de que o câncer de estômago felino é muito raro e o menos comum de todos os cânceres em gatos.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

Vários tipos de cânceres do estômago são encontrados em gatos. De acordo com o site vetinfo.com, até mesmo os mais comuns são raros. Os tipos mais comuns encontrados em gatos são os mastocitomas, o adenocarcinoma e o linfoma. Os mastocitomas são encontrados no trato digestivo felino. Se essas células crescerem descontroladamente, por alguma razão, podem transformar-se em tumores. Os adenocarcinomas são tumores gástricos causados ​​por um câncer nas glândulas que se espalha para o estômago. Quando ele se espalha para os nódulos linfáticos, ele causa o linfoma. Este também pode ser causado quando um tumor canceroso se origina nos gânglios linfáticos, de acordo com site vetinfo.com.

Sintomas

Os sintomas progridem muito lentamente e geralmente são perceptíveis somente nas fases avançadas da doença, de acordo com o site cat-health-guide.org. Os sintomas incluem perda de apetite, ganho de peso, vômitos frequentes, vomito sanguinolento, fezes negras ou alcatroadas, desidratação, anemia, letargia, dor abdominal e nódulos na região do estômago. Se você notar qualquer um desses sintomas em seu gato, leve-o ao veterinário imediatamente.

Diagnóstico

Os veterinários realizarão vários tipos diferentes de exames de diagnóstico. O site vetinfo.com afirma que esses exames incluem raios-X, ultra-som e averiguação do estômago. O veterinário também pode fazer uma endoscopia digestiva, introduzindo um endoscópio pela garganta do gato até o estômago para procurar pelos tumores. Para esse procedimento, o gato será sedado.

Tratamento

Devido aos órgãos próximos, a radioterapia e a quimioterapia são muito arriscadas. O tratamento para o câncer de estômago felino é a cirurgia para a remoção dos tumores. O site cat-health-guide.org afirma que os gatos submetidos à cirurgia de câncer de estômago serão internados na clínica veterinária por 24 horas após a cirurgia.

Prognóstico

Mesmo com a cirurgia, o prognóstico para os gatos com câncer de estômago não é bom. A vida média de um gato depois de ser diagnosticado com câncer de estômago é de 12 a 14 meses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível