Mais
×

Como fazer uma scooter motorizada

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Pequenas scooters de duas rodas movidas por impulsos com as próprias pernas tornaram-se populares entre as crianças. Para os pilotos mais velhos, e mais responsáveis, scooters mais caras movidas a motores a gasolina são uma opção disponível. Se você quer construir sua scooter movida a gasolina, um motor de uma motosserra vai fazer o trabalho para você.

Instruções

Scooters movidas a motores à gasolina são uma opção aos mais experientes.
  1. Scooter para crianças a partir de genéricos da loja de brinquedos não vão adiantar, especialmente se você pretende levar a scooter pra estrada. Você precisa encontrar uma com pneus com câmara ​​e freios de mão, porque estes podem lidar com superfícies mais acidentadas e são mais fáceis de parar.

  2. Remova a corrente e a barra da motosserra movida à gasolina. Você deve manter o resto da motosserra sem alteração, como manter o motor dentro do cofre, assim será mais fácil de montar na scooter.

  3. Decida como você vai ligar uma corrente de bicicleta ou similar ao virabrequim da motosserra, usando uma roda dentada. O virabrequim é a peça à qual a barra e a corrente estavam conectados. Se você quiser remover a embreagem centrífuga (o dispositivo semelhante a um prato redondo ligado ao virabrequim) para tornar isso mais fácil, faça agora. Você também pode manter a embreagem se você puder anexar o pinhão no sino da embreagem e conseguir colocar a corrente lá.

  4. Parafuse a roda dentada no virabrequim / embreagem e ponha outro parafuso no eixo traseiro da scooter. Dependendo do tipo de scooter, você poderá precisar modificar a montagem da roda traseira antes de fazer isso.

  5. Coloque o motor da motosserra na plataforma da scooter. Verifique se ele está em um lugar onde as rodas dentadas estejam alinhadas uma com a outra para que a corrente não encoste contra a borda da scooter. Faça um furo na plataforma e na carcaça do motor e parafuse-os juntos.

  6. Conecte a corrente na roda dentada. Provavelmente você necessitará retirar alguns elos da corrente com o extrator, assim a corrente ficará firme nas rodas dentadas.

  7. Instale o acelerador de motocross em um dos braços do guidão da scooter. Conecte os fios do acelerador ao acelerador do motor. O acelerador de mão deverá comandar o motor.

Dicas

  • Um protetor de corrente ou de engrenagem ajudará a protegê-lo enquanto pilota. Colocar um proteror desses pode impedir que qualquer objeto se enrrosque na corrente enquanto pilota.

Aviso

  • Haverá problemas com a utilização do motor sem a sua embreagem centrífuga. Você precisará levantar a roda traseira do chão para ligá-lo. Se você estiver usando um motor de dois tempos, você também estará arriscando queimar o motor porque a embreagem ajuda a adicionar uma mistura de óleo para lubrificar todo o conjunto.
  • Consulte um especialista para saber o lugar mais seguro para perfurar um buraco na carcaça do motor motosserra. Isso é especialmente relevante se o alojamento for de plástico. Se você fizer o buraco no lugar errado, ou usar a arruela errada com o parafuso, o parafuso irá rasgar o alojamento do motor enquanto pilota.

O que você precisa

  • Scooter movida a impulso
  • Motosserra
  • Corrente de bicicleta ou equivalente
  • Porcas
  • Parafusos
  • Arruelas
  • Brocas
  • Extrator de elos
  • Acelerador de motocross
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article