Seis tipos de perguntas socráticas

Escrito por danielle hill | Traduzido por maria itokazu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Seis tipos de perguntas socráticas
Sócrates foi um filósofo grego (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Sócrates foi um filósofo grego, e é considerado um dos fundadores da filosofia ocidental. A pedagogia ou metodologia de ensino de Sócrates inclui uma série de perguntas formuladas para orientar os estudantes a encontrar suas próprias respostas. As discussões entre Sócrates e seus alunos aconteciam em praça pública na cidade de Atenas.

Outras pessoas estão lendo

Perguntas de esclarecimento

Esse tipo de pergunta é utilizado para aprofundar e por à prova os conceitos por trás dos argumentos. É útil na busca de mais informações e na verificação de um tema. São exemplos: "Por que você diz isso?", "Qual a natureza de...?" e "Como isso se relaciona com a nossa discussão?".

Perguntas que verificam suposições

Essas perguntas são usadas para focalizar as crenças não questionadas sobre as quais se apoiam os argumentos. São úteis na obtenção de esclarecimentos e na busca de explicações. Essa série inclui questões como: "O que aconteceria se...?", "Como se verifica ou se descarta esse pressuposto?" e "Como foram escolhidos esses pressupostos?".

Perguntas que verificam razões e evidências

São usadas para garantir que o raciocínio prove o argumento ao invés de simplesmente utilizar crenças que a maioria considera verdadeiras. São úteis para solicitar informações adicionais. Os exemplos incluem: "Em que autoridade se baseia o seu argumento?", "Um exemplo seria...?" e "... é análogo a quê?".

Perguntas sobre pontos de vista e perspectivas

Os argumentos normalmente se baseiam num único ponto de visa. Portanto, para validar um argumento, deve-se atacar a perspectiva do outro. Essas perguntas são úteis na busca de alternativas para um determinado ponto de vista. Os exemplos incluiriam: "De que outra forma pode-se olhar para isso?", "Quem se beneficia com isso?" e "Qual é o contra-argumento?".

Perguntas que examinam implicações e consequências

São questões úteis para descrever e discutir suposições sobre o que é dito. Incluem: "Que generalizações são possíveis?", "O que acontece depois?" e "Como se pode usar... para...?"

Perguntas sobre a pergunta

São "mini-perguntas" que reduzem a pergunta a um único conceito. São exemplos: "Qual o sentido de se formular essa pergunta?", "Como .... se aplica na vida cotidiana?" e "Por que você acha que eu perguntei isso?".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível