Como selecionar uma bomba submersível

Escrito por emily beach | Traduzido por amanda nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como selecionar uma bomba submersível
Uma bomba submersível consiste de uma bomba motora em uma caixa hermeticamente fechada (Creatas/Creatas/Getty Images)

Uma bomba submersível consiste de uma bomba motora em uma caixa hermeticamente fechada. Essa caixa à prova d'água permite que a bomba seja instalada embaixo da água com um mínimo de risco de dano ao motor. Bombas submersíveis são usadas em fontes, poços, lagoas e porões alagados. Ao escolher uma bomba, considere fatores como taxa de fluxo, exigências de pressão, fonte de energia e aplicação para encontrar a unidade certa que se encaixa em suas necessidades.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Considere onde a bomba será usada. Bombas submersíveis estão disponíveis em dois projetos básicos, incluindo variedades de poços e fossas. Bombas de poços são projetadas para acomodar aplicações em águas profundas, como poços e lagoas. Bombas de fossas são feitas para aplicações em águas superficiais, incluindo porões alagados e pequenas lagoas e fontes.

  2. 2

    Determine a exigência de pressão para sua bomba. A pressão de uma bomba submersível é também conhecida como a cabeça ou elevação. É medida com a distância vertical da bomba até o ponto mais alto de descarga. Por exemplo, se você precisa de uma bomba para drenar uma lagoa de 3 metros de profundidade, levando a água até o nível do solo, você deverá usar uma bomba de 3 metros de pressão ou elevação.

  3. 3

    Avalie a taxa de fluxo. Cada bomba é taxada para um certo fluxo, que indica quanta água a bomba pode mover por minuto ou por hora. A taxa de fluxo é dada em galões por minuto (GPM) ou galões por hora (GPH). Escolha sua taxa de fluxo baseado no tamanho da área que você precisa drenar, tendo em mente o tempo necessário para a drenagem.

  4. 4

    Decida se sua bomba precisará lidar só com líquidos, ou ambos líquidos e sólidos. De acordo com a "Environmental Equipment and Supply Company" (Companhia de equipamento e fornecimento ambiental), aqueles que precisam drenar alguns materiais sólidos devem procurar por um ejetor ou bomba de esgoto. Aqueles que forem drenar somente líquidos sem nenhuma partícula sólida misturada vão precisar de uma simples bomba para fossa.

  5. 5

    Pense em como sua bomba será alimentada. Bombas submersíveis podem ser alimentadas usando energia AC ou DC, e algumas podem até mesmo ser ligadas a um gerador. Bombas feitas para a energia DC deverão ter uma boa fiação, o que pode exigir a ajudar de um eletricista. Bombas AC podem ser ligadas em quase todas as saídas padrões. Se você planeja usar um gerador para sua bomba, procure por uma unidade que seja projetada para funcionar com seu o gerador escolhido.

  6. 6

    Escolha uma bomba com um acabamento durável. De acordo com "Hometips.com", as bombas feitas de bronze, aço inoxidável ou de ferro cobertas com resina são as mais duráveis e duradouras. Evite unidades de folha de metal, carbono padrão ou aço laminado a frio, que pode se enferrujar ou sofrer corrosão com o tempo.

  7. 7

    Procure por bombas com um interruptor de mudança automática de energia. Bombas equipadas com esse interruptor vão ligar automaticamente quando forem submergidas, e irão parar de funcionar quando não existir mais água para ser drenada. Essa opção ajuda a evitar que o motor queime, além de ser muito conveniente para bombas de difícil acesso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível