Semelhanças entre os séculos XVI e XXI

Escrito por sharon secor | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Semelhanças entre os séculos XVI e XXI
Praticava-se tênis durante o século XVI (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Assim como o século XXI, o século XVI foi uma época emocionante, com muitos avanços na ciência e tecnologia. Esses avanços afetaram profundamente a cultura, bem como os progressos tecnológicos da era atual. A economia também influencia a cultura e, nos dois séculos, os avanços da ciência e tecnologia tiveram um efeito significante nessa área que, por sua vez, afetou as pessoas e sociedades ao redor do mundo. As semelhanças entre essas duas épocas são muitas, apesar do intervalo de tempo entre elas.

Outras pessoas estão lendo

Mudanças significativas no Cristianismo

Com grandes avanços na ciência muitas vezes vêm grandes mudanças na doutrina cristã. Nos dois séculos, um novo conhecimento oferecido pela ciência entrou em conflito com os ensinamentos da igreja. No século XVI, foi determinado que a Terra se movia ao redor do sol, em vez de ser o centro do universo. Os filósofos e pensadores exploraram o conceito e novas ideias permearam a cultura, preparando o palco para a Reforma Protestante. Hoje, a ciência novamente prepara o palco para mudanças significativas no Cristianismo, pois aumentam as evidências de que o homossexualismo é mais uma questão biológica do que de escolha. Algumas denominações cristãs mudaram o ponto de vista em relação à homossexualidade e começaram a aceitar abertamente o casamento gay. Algumas denominações suportam ativamente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e consideram os preceitos bíblicos contra esse ato mais um sinal dos tempos do que um decreto da parte de Deus.

Consumismo

Com os avanços tecnológicos que permitiram uma exploração mais ampla do mundo, o século XVI se tornou uma comunidade mais global, com negociações entre nações distantes se tornando mais comuns. No século XXI, as tecnologias de informática e comunicação levaram a uma comunidade econômica mais global ainda. Nas duas épocas, a globalização contribuiu para o aumento do consumismo por causa de mercados mais amplos e de uma variedade maior de produtos disponíveis. Durante o século XVI, conforme as áreas urbanas se expandiram, também aumentou o que as futuras gerações chamariam de "classe média". Esse grupo foi capaz de participar no consumo de bens, outro fator que contribuiu para o aumento do consumismo. O século XXI também é marcado por um aumento na demanda por bens. Conforme nações como Índia e China se tornam cada vez mais industrializadas, resultado do encontro com a demanda dos mercados de primeiro mundo, também se tornam mais ricas e aumentam seu consumo de bens.

Piratas

A melhora na ciência e tecnologia permitiu navios melhores, que viajavam para mais longe e ajudaram a aumentar o comércio. Nos dois séculos, juntamente com o transporte internacional, apareceram os piratas, que ficavam no mar para tomar o que pudessem. No século XVI, assim como no século XXI, a costa norte da África era uma região problemática, conhecida mundialmente pela pirataria.

Pobreza urbana

Assim como o século XXI, o século XVI tinha áreas significativas de pobreza urbana. Existiam programas governamentais em vigor na primeira metade daquela época, que forneciam soluções residenciais, como casas simples e para trabalhadores. Naquela época, assim como hoje, as igrejas alimentavam os pobres. Como se faz atualmente, os grandes pensadores do século XVI debatiam e teorizavam sobre os pobres, criando categorias de pobreza entre os que mereciam e os que estavam naquela situação por causa de suas próprias falhas e fraqueza. As duas eras criminalizaram a pobreza a um grau. Antigamente, os devedores eram presos. No século atual, em muitos lugares, pobres ou sem-tetos que dormem na rua ou vadiam podem acabar presos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível