O que um sensor de posição da árvore de cames controla em um veículo?

Escrito por john cagney nash | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que um sensor de posição da árvore de cames controla em um veículo?
O sincronismo correto é vital para o bom funcionamento do motor (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Na maioria dos veículos fabricados a partir da década de setenta, existe um sistema de autodiagnóstico que monitora a performance do motor. Quando um problema é detectado, o motorista é notificado pelo sistema através de uma luz indicadora de mau funcionamento que indica que será necessário fazer um diagnóstico e reparo. Um dos componentes que esse sistema verifica é o sensor de posição da árvore de cames.

Outras pessoas estão lendo

Códigos de falha de diagnóstico

Os códigos de falha de diagnóstico são interpretados por um técnico utilizando um computador chamado "Scanner". O aparelho exibe os códigos que dão aos técnicos uma gama de diagnósticos. Eles então realizam testes de componentes para determinar o problema exato. Falhas no sensor de posição da árvore de cames são representadas pelo código "P0343". Esse sensor não controla nenhum componente ou função mecânica, sendo responsável apenas pela informação enviada ao aparelho de diagnóstico para informar ao técnico que existe um problema.

O sensor de posição da árvore de cames

O sensor de posição da árvore de cames funciona em conjunto com o sensor de posição do virabrequim para monitorar o sincronismo do motor, característica que afeta a eficiência dos mecanismos de fornecimento de combustível e produção de faíscas.

O código de falha de diagnóstico para um problema no posicionamento do virabrequim é o "P0016". O sensor de posição do virabrequim detecta a posição do mesmo e envia essa informação para os módulos de ignição ou controle da cadeia cinemática do veículo. O módulo de ignição compara essa informação com os valores fornecidos pelo sensor de posição da árvore de cames para gerenciar a sequência de ignição. Eles precisam estar sincronizados, e o sincronismo chama-se ponto de ignição. Qualquer erro entre eles provavelmente é causado por defeitos na correia dentada ou na corrente de distribuição.

Indicações mecânicas

Além de uma luz de indicação de mau funcionamento, o motorista de um carro desregulado provavelmente irá perceber uma notável redução na performance e algumas rotações a mais quando a ignição é desligada. O motor também poderá parar de funcionar completamente.

Causas comuns

A causa mais comum da perda de performance é a má sincronização, que pode decorrer de estiramentos ou deslizes na correia dentada ou quando a corrente de distribuição está pulando um dos dentes, dependendo do modelo do motor. Tanto as correias quanto as correntes podem sofrer estiramentos com o funcionamento normal, e o tensor utilizado para acomodar esse desgaste pode falhar, afetando o sincronismo. Também é possível que o sensor de posição da árvore de cames ou do virabrequim tenha apresentado problemas e esteja transmitindo informações incorretas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível