Septicemia hemorrágica em peixes-dourados

Escrito por naomi bolton Google | Traduzido por jessica pietro pupo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Septicemia hemorrágica em peixes-dourados
Peixes-dourados frequentemente sofrem de infecções bacterianas quando estão com o sistema imune comprometido (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Peixes-dourados são susceptíveis a uma ampla variedade de patógenos bacterianos, incluindo aeromonas que causam septicemia hemorrágica nestes peixes de água fria. Os micro-organismos aeromonas entram na corrente sanguínea do peixe, causando choque séptico, que é invariavelmente seguido pela morte do peixe. Os primeiros sinais de septicemia hemorrágica são estrias vermelhas, que logo são seguidas por lesões de pele.

Causas

A septicemia hemorrágica é geralmente causada como resultado de estresse ou superpopulação. Essa doença é transmitida tanto por peixes doentes quanto por água contaminada e pode matar um grande número de peixes, confinados em um aquário pequeno e mal cuidado ou em uma lagoa. Elevações na amônia também irão comprometer o sistema imune do peixe, ao ponto que a bactéria pseudomonas é capaz de se instalar. Uma vez que o sistema imune esteja debilitado pelo estresse, o peixe-dourado é incapaz de se proteger contra essa e outras espécies de micro-organismos.

Sinais Clínicos

Peixes-dourados sofrendo de septicemia hemorrágica exibem um respiradouro inchado e com hemorragias, associado com ulcerações em diferentes áreas do corpo do animal. Essas lesões rapidamente se desenvolvem em feridas abertas, que destroem a pele do peixe e tecidos subjacentes, incluindo os músculos. Exoftalmia, que é protusão de um ou dois globos oculares, pode ocorrer. Fluidos normalmente se acumulam no abdômen e manchas roxas e vermelhas também podem ser vistas no corpo do peixe. Também ocorrerá hemorragia na boca e as barbatanas do peixe e a pele ficará descorada. Conforme a doença progride, ela eventualmente destrói o coração do peixe-dourado, seus rins e fígado.

Diagnóstico

O diagnóstico é confirmada fazendo-se a cultura dos micro-organismos que causaram a doença nos peixes infectados. Se a condição for devido à presença de amônia na água, os peixes irão exibir hiperventilação e respiração excessivamente rápida. Esses peixes também irão respirar com dificuldade na superfície água e nadar de maneira errática.

Tratamento

Peixes-dourados são peixes grandes que produzem grandes quantidades de resíduos metabólicos, incluindo amônia. Esses peixes necessitam de filtros potentes, que incorporem filtração mecânica, química e biológica. Certifique-se de que aquários ou lagoas em que os peixes estão vivendo sejam bem oxigenadas e limpe ou substitua o material filtrador regularmente. Antibióticos de amplo espectro são muito bem sucedidos em tratar a septicemia hemorrágica. Coloque peixes doentes em um tanque de hospital para tratamento, uma vez que os antibióticos irão destruir as bactérias benéficas nos filtros da lagoa artificial ou aquário.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível