Por que os seres humanos têm dois rins?

Escrito por taylor divico | Traduzido por luiz cezar guimarães júnior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que os seres humanos têm dois rins?
Um rim por si só realiza a tarefa de dois

Os seres humanos não precisam dos dois rins para viver, um só realiza com eficiência as tarefas de ambos. Assim como os olhos, orelhas, pulmões, partes reprodutivas e o cérebro, é possível que os rins tenham se formado como um par devido à evolução simétrica dos órgãos. Os seres humanos podem ter se adaptado para o desenvolvimento de dois rins devido à função vital fornecida pelos órgãos, de modo que, se um for prejudicado, o corpo ainda possa sobreviver.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Os rins são órgãos pequenos e vitais de aproximadamente 10 cm de comprimento e 6 cm de largura, com o formato de um feijão. Eles se localizam atrás da cavidade abdominal e abaixo da última costela de cada lado do corpo, com o rim direito situado um pouco mais baixo do que o esquerdo. Eles se conectam bilateralmente com as artérias renais, veias renais, ureteres e bexiga e estão muito próximos do baço, pelve e do trato urinário.

Função

Os rins têm a função de filtrar os resíduos do sangue e são capazes de decifrar as quantidades excedentes de fluido, ureia e resíduos no sangue que precisam deixar o corpo. Eles filtram esses subprodutos metabólicos resultantes de alimentos e líquidos através da produção de urina, mantendo livrando o sangue das toxinas e mantendo-o saudável. Os rins são responsáveis pela filtragem e produção de 1/5 do sangue que é bombeado do corpo para o coração.

Efeitos

Os rins regulam a pressão arterial e o volume de sangue através da manutenção de níveis normais de eletrólitos, minerais e líquidos. Eles controlam a absorção de água e excreção e equilibram os níveis de hidrogênio, sódio, cálcio, magnésio e fosfato, além de controlarem as concentrações de sódio, já que altos níveis de sódio levam à hipertensão arterial, causando doenças cardíacas e derrame. As pessoas podem levar uma vida saudável com um rim, pois assume automaticamente o papel dos dois.

Considerações

Uma pessoa precisa de pelo menos um dos rins funcionando normalmente, já que eles são responsáveis pela eliminação de toxinas e venenos do corpo através da urina, purificando o sangue que flui para todas as partes do corpo, principalmente para o coração. Se esses resíduos se acumularem devido ao não funcionamento dos rins, o sangue será contaminado, esgotando o suprimento de sangue saudável e oxigênio dos órgãos vitais, como o coração e o fígado, causando a falha do órgão, a toxicidade e a morte em 2 ou 3 dias.

Potencial

Doenças renais, como insuficiência renal aguda e crônica, tumores renais, rins policísticos, edema e lesões no rins, resultam em uma função renal deficiente que pode ser identificada por sangue ou pus na urina, dor lombar persistente, calafrios e diminuição da produção de urina. As complicações renais são graves e exigem a consulta de médico e tratamentos por meio de diuréticos, que aumentam a produção de urina, antibióticos para tratar infecções renais, diálise para executar a função do rim artificial ou transplante para substituir uma falha renal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível