Para que serve a metoclopramida?

Escrito por anna aronson | Traduzido por raissa oliveira
Para que serve a metoclopramida?

A metoclopramida é um medicamento recomendado para distúrbios digestivos

Visage/Stockbyte/Getty Images

Metoclopram, um medicamento controlado mais comumente chamado de metoclopramida, normalmente é recomendado para pessoas com certos distúrbios digestivos. Ele é geralmente prescrito para ser usado apenas a curto prazo. Normalmente é tomado por via oral, quatro vezes ao dia, cerca de 30 minutos antes de uma refeição. Pode levar vários dias ou até mesmo semanas até que os usuários possam ver os resultados, e o tratamento não pode ser interrompido sem a expressa recomendação de seu médico. A metoclopramida também está disponível sob a marca Reglan do laboratório Alaven.

Outras pessoas estão lendo

Utilizações

A metoclopramida pode ser utilizada no tratamento de lesões do estômago e do esôfago em pessoas com refluxo ácido ou com a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Ela também pode ser usada no tratamento de diabéticos com uma condição chamada de gastroparesia, onde o estômago não se esvazia adequadamente.

Como funciona

A metoclopramida está em uma classe de medicamentos chamados de antagonistas dos receptores de dopamina. Isso aumenta o movimento dos músculos do estômago e intestinos para ajudar na digestão dos alimentos, e também afeta uma área do cérebro para ajudar a diminuir a sensação de náusea. A metoclopramida ajuda a curar os danos ao estômago e esôfago causados pelo ácido e também alivia os sintomas de refluxo ácido e azia.

Avisos

A metoclopramida não é recomendada para todas as pessoas, incluindo aquelas que apresentam ataques epilépticos, obstrução, hemorragia ou perfuração no estômago ou intestinos e tumores da glândula adrenal. Além disso, aqueles que tomam medicamentos como a cabergolina, a pergolida e as fenotiazinas não devem ser tratados com a metoclopramida.

Efeitos colaterais não graves

Alguns efeitos colaterais da metoclopramida incluem sonolência e tonturas, boca seca, constipação, diarreia, dores de cabeça e dificuldade para dormir. Nenhuma dessas reações é motivo de preocupação, mas consulte o seu médico se elas se agravarem ou tornarem-se incômodas.

Efeitos colaterais graves

Alguns efeitos colaterais da metoclopramida pode indicar que um problema se desenvolveu e pode precisar de tratamento médico. Informe ao seu médico imediatamente se notar qualquer um dos seguintes sintomas: confusão ou pensamento anormal, icterícia, urina escura, diminuição da coordenação ou função sexual, alucinações, febre, um batimento cardíaco rápido, lento ou irregular, incapacidade de controlar a bexiga, mudanças de humor, incluindo pensamentos ou ações suicidas, tontura grave ou agitação, convulsões, rigidez muscular, falta de ar, ganho de peso inexplicado, sudorese aumentada, inchaço nos braços, pernas ou pés, contrações musculares ou tremores e alterações na visão.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media