As sete categorias taxonômicas de um cavalo Appaloosa

Escrito por kevin johnston Google | Traduzido por cleuzeni torres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As sete categorias taxonômicas de um cavalo Appaloosa
O cavalo Appaloosa é uma raça que faz parte da subespécie de cavalos domesticados (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

O cavalo Appaloosa apresenta pequenas manchas em seu corpo, especialmente sobre sua parte traseira. Muitas tribos indígenas americanas cavalgaram em Appaloosas, embora estes cavalos sejam mais associados com os índios Nez Perce. Hoje, os criadores os criam cuidadosamente para que sua aparência manchada permaneça entre as gerações. Estes cavalos têm sete categorias taxonômicas que os cientistas e os criadores utilizam para classificá-los.

Outras pessoas estão lendo

Reino

O nome do reino do Appaloosa é o Animalia, isto significa que é parte do reino animal. Esta ampla classificação distingue o Appaloosa de plantas, fungos e bactérias. Embora isso possa parecer óbvio se você já esteve em torno de um Appaloosa, essa classificação ajuda os cientistas a distinguir amplas classificações para que os pesquisadores possam entender como os seres vivos se relacionam.

Filo

A classificação para o filo do Appaloosa é o Chordata, isto significa que tem um cordão de nervos que passa em suas costas. Appaloosas possuem coluna vertebral que suportam o seu peso e transportam os nervos do cérebro para o resto do corpo. Estar ciente disso pode ajudá-lo a proteger o seu Appaloosa, evitando situações onde ele possa elevar-se demais, cair para trás e danificar permanentemente sua coluna vertebral.

Classe

O Appaloosa é da classe Mammalia. Isto indica que é um mamífero. Pensando em seu Appaloosa como um mamífero vai ajudá-lo a lembrar que é diferente de outros animais, pois ele tem pelo. Escove o pelo do seu Appaloosa para ajudar a limpar os folículos pilosos de detritos e acalmar o cavalo. Sendo ele também um mamífero, significa que as mães cuidam de seus filhotes. Se você criar um potro Appaloosa, dê amplo acesso para a mãe cuidar dele.

Ordem

O ordem que o Appaloosa pertence é a Perissodactyla. Isso indica que ele é uma criatura da terra que come plantas. Alimentação rica em grãos ou alfafa para um Appaloosa é uma nutrição adequada para o seu cavalo. Ele não deve comer nenhum tipo de carne, e embora a maçã ocasional seja boa, a dieta principal é grãos e gramíneas.

Família

A família do Appaloosa é a Equidae. Este termo mostra que o Appaloosa está entre cavalos, zebras e jumentos. Você pode achar estranho que o Appaloosa esteja intimamente relacionado com a zebra com suas listras já que na maioria das vezes o Appaloosa está relacionado aos índios americanos, mas sua ancestralidade remonta é comum com a da zebra Africana.

Gênero

O gênero do Appaloosa é o Equus. Equus ainda define o Appaloosa como pertencente do gênero do cavalo. Muitas vezes as pessoas associam o Appaloosa com os nativos americanos, mas os cavalos foram trazido para a América pelos europeus. O cavalo não existia na América antes disso.

Espécie

O nome da espécie do Appaloosa é E. ferus. Isso significa que o Appaloosa era uma vez um cavalo selvagem. Muitas pessoas pensam em mustangs quando se pensa em cavalos selvagens, uma vez que eles ainda circulam livremente em algumas partes da América que eram o Velho Oeste. No entanto, o mustang era originalmente um animal domesticado, enquanto que o Appaloosa era originalmente um animal selvagem que foi domesticado.

Sub-espécies

O nome da sub-especie do Appaloosa é E.F. caballus - a classificação de um cavalo que é domesticado. O Appaloosa é agora caseiro, mas isso não significa que ele está totalmente domesticado. Cada Appaloosa deve ser treinado para aceitar um cavaleiro e para interagir com as pessoas de maneiras não agressivas. Nunca se esqueça de que o seu Appaloosa é um animal selvagem no coração. Trate-o com respeito para evitar se machucar.

Raça

Embora o sistema de classificação científica não inclua raças, é interessante notar que o Appaloosa tem uma remota linhagem dos cavalos árabes. Após os índios Nez Perce perderem a maioria de seus Appaloosas em uma guerra em 1877, os criadores dedicados mantiveram a raça ainda viva. Em 1938, os criadores formaram o Clube do Cavalo Appaloosa. Hoje, os criadores mantêm a linhagem pura do Appaloosa, de modo que a raça não desapareça.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível