Sete fatos sobre porquê fumar tabaco é prejudicial

Escrito por brenda cyr | Traduzido por raquel l. pontes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sete fatos sobre porquê fumar tabaco é prejudicial
Conheça os fatos sobre porquê fumar é prejudicial para sua saúde (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Existem avisos para que as pessoas parem de fumar em todos os lugares. Fumar tabaco é ruim para saúde. Você já ouviu os avisos tantas vezes que pode até nem dar atenção. Porém, existem razões para dar ouvidos a eles. Fumar é um vício. Seu corpo necessita de uma abastecimento regular de nicotina. Conhecer esses sete fatos sobre porquê fumar tabaco é prejudicial pode ajudá-lo a se livrar do vício.

Outras pessoas estão lendo

Riscos para a saúde

Fato número 1: Fumar aumenta o risco de desenvolvimento de condições crônicas e debilitantes. Fumar reduz a circulação em seus braços e pernas ao estreitar as artérias e veias que carregam sangue para seus dedos das mãos e dos pés. Isso diminui o fornecimento de oxigênio e nutrientes para as células. Isso é conhecido como doença vascular periférica.

Fato número 2: O aumento do risco de desenvolvimento de uma doença em uma artéria coronária ou de ter um derrame é de duas a quatro vezes maior do que em não-fumantes.

Fato número 3: Fumantes que passam por procedimentos cirúrgicos possuam por uma menor taxa de sobrevivência do que não-fumantes. Isso acontece porque o sistema imunológico é mais fraco, a cicatrização é mais lenta e há maiores complicações respiratórias.

Morte precoce

Fato número 4: Mais mortes são causadas todo ano pelo tabaco do que pelo vírus HIV, uso ilegal de drogas, uso de álcool, assassinato, suicídio e acidentes com veículos motores combinados. Homens que fumam possuem 23 vezes mais chances de desenvolver um câncer de pulmão e as mulheres fumantes possuem 13 vezes mais chances de desenvolver a doença do que as não-fumantes.

Fumar diminui a fertilidade

Fato número 6: Mulheres que fumam têm mais dificuldade em engravidar. Quando elas engravidam, possuem um risco maior de um parto prematuro, de terem um bebê natimorto ou da criança nascer abaixo do peso. Os bebês de mulheres fumantes correm um risco maior de morte súbita infantil ou SMSI.

Fumantes não envelhecem bem

Fato número 7: Mulheres que já passaram da menopausa e que fumam tem uma densidade óssea menor do que as que não fumam. Isso aumenta as chances de fraturas nos ossos e deficiências por causa de problemas nos ossos e juntas. Fumar também pode levar a formação de catarata. O aumento do risco de desenvolvimento da doença é duas ou três vezes maior do que em não-fumantes. A catarata é uma das principais causas da cegueira.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível