O que significa ser um bom cidadão?

Escrito por timothy sexton | Traduzido por ashley heart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Ser um bom cidadão pode significar coisas diferentes para cada pessoa. Uma coisa é certa, no entanto, ser um bom cidadão significa mais do que cantar o hino nacional e saudar a bandeira. Ser verdadeiramente um bom cidadão significa mais do que um mero patriotismo simbólico, e isso não pode ser confundido com ser um seguidor de certo partido ou ideologia política.

Outras pessoas estão lendo

Obedecer as leis

Seguir as leis do país é o primeiro passo para se tornar um bom cidadão. É importante obedecer as regras e regulamentos criados a partir da opinião da maioria sobre o que representa o balanço mais tangível entre liberdade e segurança. Esse balanço é o que é conhecido como civilização e se não existissem leis, a anarquia reinaria. Na América, no entanto, esse também é considerado um sinal de bom cidadão violar leis que são consideradas injustas na tentativa de mudar a opinião equivocada da maioria.

Desobediência civil

A América foi fundada em cima do conceito de desobediência civil. Os fundadores dos Estados Unidos se envolveram naquilo que seus inimigos chamaram de atos de terrorismo para mudar aquilo que era visto como leis injustas, e durante a história da América, um bom cidadão era aquele que tinha vontade de violar certas leis consideradas excessivas ou sem mérito. Enquanto no passado a vontade de mudar leis injustas necessariamente resultavam em violência. Na atual sociedade o acesso a representação e especialmente o impacto da mídia faz com que recorrer a violência seja tão desnecessário que isso deixou de ser uma opção.

Conhecimento político

Um exemplo de um bom cidadão têm historicamente sido aquele que exercita o seu direito de votar. No entanto, votar por votar não qualifica uma pessoa como sendo uma bom cidadã. Um voto desinformado é um desperdício tão grande quanto não votar. Para verdadeiramente ser um bom cidadão, você deve prestar atenção em ambos os lados de um argumento político. Pensamento crítico deve ser usado para separar propaganda de evidências factuais e rotação de discursos intelectuais. Um verdadeiro bom cidadão baseia o seu voto não no partido ao qual o candidato está filiado, mas nos problemas e no entendimento que o candidato aparenta ter sobre os mesmos e suas soluções.

Discordar

Talvez não exista um sinal maior na América de um bom cidadão do que a vontade de expressar a discordância da opinião da maioria. Liberdade de expressão foi tão importante para os escritores da Constituição que eles fizeram com que ela fosse parte da Primeira Emenda. A liberdade de falar contra os líderes e contra a vontade da maioria não apenas faz parte de um bom cidadão, como é essencial para assegurar que a democracia continue inquebrável.

Ajudar

Parte de ser um bom cidadão significa eliminar os buracos de onde o governo não pode ajudar as pessoas e onde as grandes empresas não aparentam lucrar. Exemplos de ser um bom cidadão podem variar de doar roupas a uma igreja de caridade a usar suas férias para ajudar desconhecidos em uma cidade desconhecida se recuperarem de um desastre natural. No seu exemplo mais extremo, esse tipo de boa cidadania significa se juntar ao exército e sacrificar sua vida para que outros continuem a aproveitar do privilégio de não ser um bom cidadão, se não quiserem ser.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível