O que significa DAP quando se fala em fertilizantes?

Escrito por robert korpella | Traduzido por alexandre guerra
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que significa DAP quando se fala em fertilizantes?
O DAP pode ser usado em forma granulada ou misturado com líquidos (epandage image by romaneau from Fotolia.com)

DAP significa fosfato diamônico, um tipo de fertilizante com grande quantidade de fósforo. É o fertilizante a base de fosfato mais produzido no mundo, sendo 22 milhões de toneladas produzidas somente em 2011. Os maiores produtores são os Estados Unidos, China e Índia. O produto é utilizado em todos os mercados de agricultura do mundo desenvolvido.

Outras pessoas estão lendo

Fertilizantes de fosfato

O DAP, junto com o MAP (fosfato monoamônico) e o SFT (superfosfato triplo), são os fertilizantes a base de fosfato mais utilizados. Desde 2011, cerca de 14 milhões de toneladas de MAP e 5,5 milhões de toneladas de SFT foram produzidas em cada ano. Os três produtos são feitos através da reação de pedras de fosfato extraídas com o ácido fosfórico. O DAP e o MAP posteriormente reagem com a amônia.

Produção de DAP versus MAP

A diferença química entre esses dois fertilizantes de fosfato é a quantidade de amônia no produto final. O DAP possui, em sua maioria, dois pesos moleculares (mols) de amônia, os quais são combinados com um mol de ácido fosfórico. Já o MAP combina um mol de cada composto e o STF não é reagido com a amônia.

Teor de nitrogênio

A amônia fornece nitrogênio, um valioso adubo de solo para plantas, para que o fertilizante se misture. Como consequência, o DAP contém uma porcentagem mais alta de nitrogênio do que o MAP – 18% contra 11%. A desvantagem é que o pentóxido de fósforo, o fósforo assimilável, é um pouco mais alto no MAP do que no DAP – 52% contra 46%.

Solo alcalino

Como consequência do adicional de amônia no DAP, o pH inicial em cada grânulo do fertilizante varia entre 7.8 a 8.2, o que indica ser fortemente alcalino. Por outro lado, o MAP é ácido com o pH inicial variando entre os valores de 3.5 a 4.2. Adicionando o fertilizante DAP em um solo que já está alcalino tende-se a produzir "zonas livres de amônia", de acordo com a "Intermountain Farmers Association" (Associação dos Fazendeiros Entre Montanhas). Essas áreas podem ter um efeito prejudicial em mudas jovens e em desenvolvimento, resultando em problemas de germinação ou até mesmo danos nas raízes. Solos mais ácidos tendem a ampliar a disponibilidade de micronutrientes às plantas, tais como ferro, zinco e manganês, enquanto solos alcalinos reduzem a disponibilidade.

Escolhendo o fertilizante

O tipo de fertilizante para o uso depende das condições do solo, o tipo de cultura a ser plantada e as influências do clima. Testar o valor do pH do solo e a presença de elementos nutritivos é o primeiro passo para escolher a melhor mistura de fertilizantes para qualquer cultivo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível