Significado das bandeiras das comunidades autônomas na Espanha

Escrito por brendan pelsue | Traduzido por fernando prezotto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A Espanha é composta de 17 comunidades autônomas, e cada uma tem o direito de auto-governança enquanto ainda permanecem sob a jurisdição do governo central em Madri. Muitas dessas comunidades eram nações independentes antes da unificação da Espanha no século 16, e algumas mantém sua língua oficial. A língua e a história únicas de cada uma dessas regiões reflete nos símbolos que decoram suas bandeiras.

Outras pessoas estão lendo

Madri

A bandeira da comunidade autônoma de Madri tem sete estrelas brancas em um fundo vermelho. Essa bandeira não deve ser confundida com a bandeira da cidade de Madri, que tem um selo oficial num fundo vermelho. O fundo vermelho da bandeira de Madri refere-se ao solo de Castilha, região da cidade. As sete estrelas representam as estrelas da constelação da Ursa Maior, também chamada de pequena mergulhador. Em Latim, "Ursa" significa "urso". Ursos são um simbolo tradicional de Madri e estão nos carimbos da cidade, apesar de que a origem de seu simbolismo permanece desconhecida.

Catalunha

Acredita-se que a bandeira da Catalunha, uma série de listras vermelhas e amarelas, foi criada entre os séculos 11 e 12. Comumente chamada de "Senyera", a bandeira era o símbolo dos reinos de Aragão e Barcelona antes de ser adotada pelos lutadores liberais de Catalunha em 1932. Uma lenda diz que as listras vermelhas e amarelas representam o sangue espirrado nos escudos de ouro, enquanto muitos historiadores acreditam que foi adaptada da bandeira Papal, para demonstrar a obediência do Rei Aragão à Igreja. As bandeiras de Aragão e Valencia também incorporam o desenho básico de Senyera.

Galiza

A coroa Galiza, que tem um fundo branco cruzado por listras diagonais azuis e com um brasão de armas em primeiro plano, foi modelada da cruz de Santo André, primeiro símbolo da marinha de Corunha. Uma listra foi removida da bandeira no século 19 para evitar confusão com a bandeira da marinha Russa. O brasão foi adicionado a essa bandeira nos anos 80, para relembrar da história da região como uma nação independente. O cálice no brasão é o Santo Graal. Muitos historiadores concordam que as cruzes ao redor do Graal eram decorativas e não tem nenhum simbolismo exato.

País Basco

O País Basco é atualmente um das regiões mais autônomas na Espanha, um estado que se reflete na história de sua bandeira. Modelada pela bandeira da Grã-Bretanha, a bandeira foi criada como um esforço de unificar as áreas francesas e espanholas na região da Biscaia (o "Ikurrina", em Basco) em 1894. O fundo vermelho da bandeira representa a luta pela independência. O "x" verde representa o carvalho de Guernica, simbolo tradicional do povo Basco. O branco representa a igreja católica. A bandeira tornou-se um símbolo proibido depois da ascensão de General Franco em 1938. A bandeira foi reconhecida como um símbolo oficial do País Basco depois de uma ratificação na Constituição Espanhola em 1978.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível