O significado de coloides do solo no cultivo de plantas

Escrito por richard hoyt | Traduzido por ágata erhart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O significado de coloides do solo no cultivo de plantas
O solo arenoso contém menos coloides que têm uma grande área de superfície (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Pequenas partículas de argila, cascalho, areia ou lodo são chamados de coloides. As plantas absorvem seus nutrientes de minerais dissolvidos em água e no solo. Os nutrientes que têm cargas ionizadas positivas, ou moléculas chamadas de “cátions”, são atraídos pela superfície de carga negativas dos coloides. A quantidade e o tamanho dos coloides no solo determinam sua capacidade de atrair e manter os nutrientes para as plantas.

Outras pessoas estão lendo

Básico

Nutrientes carregados com cátions positivos, procurando por um estado elétrico neutro, aderem ou grudam em superfícies negativas de coloides. As plantas requerem tanto os nutrientes absorvidos da superfície dos coloides quanto do ar e da água nos espaços em torno deles.

A área da superfície de coloides grandes e soltos é menor do que a de pequenos coloides acumulados muito juntos. A areia muito áspera possui 90 coloides ou partículas por grama; a áspera apresenta 720; a areia média possui 5.700; a fina 46.000; a muito fina 722.000; o lodo possui 5.780.000 e a argila apresenta 90.300.000. Uma quantidade de 450 gramas de areia áspera tem 1.000 vezes menos área de superfície do que 450 gramas de argila. A companhia americana Biogrow estima que uma camada de argila com 15 cm de profundidade cobrindo 4.050 metros quadrados tem uma área de superfície igual a 285.000 quilômetros quadrados, praticamente o tamanho do estado do Rio Grande do Sul.

O significado de coloides do solo no cultivo de plantas
A argila tem inúmeros, pequenos coloides que compõem uma grande área de superfície (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Fertilidade do solo

A fertilidade do solo é medida por sua capacidade de troca catiônica (CTC), ou seja, a habilidade de os cátions aderirem à superfície dos coloides. Solos férteis apresentam altos índices de CTC; os mais pobres têm CTC baixo. Cálcio, magnésio, potássio e sódio estão entre os cátions comumente encontrados no solo. Chuva e calor podem contaminar esses nutrientes em solos tropicais e subtropicais, aumentando a acidez e diminuindo a fertilidade.

Propriedades do solo

Como cátions positivos são atraídos pela superfície negativa dos coloides, quanto maior a área de superfície de coloides de um solo, mais ele irá grudar. A areia, que tem menos coloides maiores, é solta e fácil de cultivar. A argila, que apresenta coloides menores numerosos, é densa e mais difícil de manter.

Água e ar

A água, que conduz os nutrientes que as plantas necessitam para o crescimento, forma uma fina camada sobre as partículas do solo. Quanto maior for a área de superfície de coloides no solo, mais água o solo irá segurar. Como a argila tem vários pequenos coloides com uma área de superfície total grande, ela irá reter mais água do que a areia, que tem menos e maiores coloides, apresentando uma superfície total menor. Solos argilosos pesados com a substância compactada podem bloquear a água e o ar que as plantas precisam.

Micro-organismos

Micro-organismos que contribuem para a fertilidade do solo são necessários para o crescimento vigoroso de plantas, desenvolvem-se e formam colônias em partículas do solo. Solos com uma elevada área de superfície sobre os coloides acumulados apresentam mais espaços em que estes organismos podem crescer. Por isso, o solo que é denso e com pequenos coloides é mais fértil do que o solo arenoso, com grandes coloides soltos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível