Significado espiritual do bambu para os japoneses

Escrito por sherry crawford | Traduzido por jose airton almeida neto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Significado espiritual do bambu para os japoneses
O bambu (bamboo tree image by Sid Viswakumar from Fotolia.com)

Por toda cultura e história japonesa, o bambu foi respeitado e reverenciado por sua notável beleza e visto como um símbolo de resistência. Apesar de sua vulnerabilidade e estreiteza aparente, é forte e resistente. O bambu também é muito utilizado na fabricação de produtos, sendo também utilizado como chá nas cerimônias sagradas.

Devido a sua importância espiritual, o bambu está presente em todo o Japão, nas artes, nas paisagens, na arquitetura e nos jardins dos templos.

Outras pessoas estão lendo

O significado da junção entre pinheiro, bambu e ameixeira

Também conhecido como "Os três amigos do inverno", a crença de que a combinação entre ameixeira, pinheiro e bambu atrai fortunas e é usada nas promessas. Juntos, representam as crenças antigas da pureza do espírito (ameixeira), da longevidade (pinheiro) e da flexibilidade (bambu).

Outras interpretações espirituais similares da junção dessas três plantas são: a riqueza e a força da ameixeira, devido ao fato dela sobreviver ao inverno e florescer antes do tempo; a boa fortuna e a longevidade do pinheiro, que sempre se mantém verde durante todo o ano; e a longevidade e a resistência do bambu, devido ao fato de sempre se manter verde e dobrado, mas sem nunca quebrar quando sob adversidades.

O bambu em jardins japoneses

Jardins japoneses incorporam vários elementos espirituais importantes, e o bambu é um dos mais fortes e mais reverenciados.

O objetivo dos jardins é relaxar e inspirar a reflexão e a meditação. Várias plantas e rochas dispostas cuidadosamente são usadas para representar a Terra, a humanidade e o paraíso -- as três principais forças da natureza. Quase sempre se vê galhos de bambu nos vastos jardins dos templos e santuários.

O bambu, o pinheiro e ameixeira normalmente são plantados em conjunto nesses ambientes, relembrando o símbolo espiritual dos três amigos do inverno.

O bambu no imaginário japonês

As vestimentas, as pinturas, a escrita e muitos outros gêneros artísticos incorporaram vários símbolos espirituais, incluindo o bambu.

Os kimonos e as vestas das artes marciais geralmente mostram imagens dos três amigos do inverno ou apenas o bambu, considerado um símbolo de permanência e beleza delicada.

Até a semente do bambu tem valor simbólico, representando a fênix, uma criatura mística que representa a sabedoria, a imortalidade e a compaixão que frequentemente é representada no imaginário japonês.

Usos especiais do bambu

A importância espiritual do bambu na cultura japonesa também é refletida no seu uso exclusivo na criação de objetos para decoração e contemplação nos santuários e templos. As fontes de água e chafarizes feitas de bambu foram criadas no japão, e dão uma maior atmosfera espiritual e de meditação aos visitantes dos templos.

Uma fonte tradicional feita de bambu, a Tsukubai, representa e ilustra a pureza e o sagrado.

História

As referências ao bambu na cultura japonesa datam do século X d.C, quando surgiu a "Lenda do Cortador de Bambu". Desde então, o bambu tem sido considerado como um dos materiais mais finos usados na fabricação de pias, hashis, venezianas, arcos, flechas e outros artigos.

Com o aumento da procura pelo bambu, a planta foi incorporada à fabricação de instrumentos musicais, itens para as cerimônias sagradas de chás japonesas, equipamentos para artes marciais e artigos para arranjos de flores. O bambu também é usado na construção das casas de chás, na fabricação de vasos para flores, jarros, cercas e muitos artigos arquitetônicos para melhorar a beleza das construções.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível