×
Loading ...

O significado do número de badaladas do sino da igreja

Atualizado em 19 julho, 2017

Durante séculos, o sino das igrejas chamou, celebrou, lembrou e comemorou. Originalmente, serviam às comunidades como ferramenta de comunicação tanto para assuntos espirituais quando para assuntos terrenos. Nos dias de hoje, apesar do surgimento de meios de comunicação em massa como rádio, televisão e internet ter diminuído a amplitude do papel comunicativo dos sinos das igrejas, ele ainda mantém muito de sua importância original.

O sino de uma igreja cristã (redcarpett/iStock/Getty Images)

História

Na Idade Média, uma típica cidade europeia era construída ao redor da igreja. O sino da igreja anunciava alguns eventos da comunidade e chamava os moradores para rezar e para a missa. Nas igrejas medievais, os diferentes toques e campainhas indicavam dias de festa, o tipo de atividade religiosa e se um sermão seria pregado. De acordo com o Bispo Michael Pfeifer da Igreja de San Angelo, Texas, os sinos foram feitos para simbolizar a voz de Deus que chama as pessoas para a oração, para o trabalho na igreja e para Cristo.

Loading...
Uma histórica igreja europeia no meio da cidade (TheYok/iStock/Getty Images)

Chamado religioso

Muitas igrejas continuam a badalar seu sino para chamar os fiéis para a oração e a missa. A Catedral do Sagrado Coração em San Angelo toca seu sino às seis da manhã e às seis da tarde para a a oração Angelus ou Ave Maria. Várias igrejas anunciam a oração Angelus com três sequências de três badaladas. Além disso, as igrejas frequentemente tocam seu sino no início das atividades paroquiais. O modo de tocar dos sinos varia de igreja para igreja, apesar de, em geral, os sinos começarem a tocar 15 minutos antes de o trabalho começar. Em Roma, as igrejas ainda anunciam os dias de jejum tocando os sinos durante 15 minutos na noite anterior.

Estátua (Steven Heap/iStock/Getty Images)

Tempo

O Bispo Pfeifer, que trabalhou em Oaxaca, México, lembra que os sinos tocavam toda hora para marcar o tempo. O sino das igrejas, em sua maioria, são utilizados como indicadores da hora. Tocam na hora, com algum sinal marcando a meia-hora e alguns ainda marcam um quarto de hora. Para marcar a hora, o sino toca no número de vezes correspondente. Por exemplo, 11 badaladas significam que são 11 horas. Para marcar meia-hora e quarto de hora, os sinos costumam badalar uma vez.

Um sino de igreja no México (jferrer/iStock/Getty Images)

Anúncios

Sinos também são usados para anunciar casamentos ou funerais. O toque fúnebre é tocado no início do funeral. As badaladas são mais devagar que o normal, e ocorrem nove vezes se um homem faleceu, e seis vezes se foi uma mulher. Algumas vezes, a idade de quem faleceu é revelada. Por exemplo, se a pessoa que morreu tinha 65 anos de idade, o sino pode tocar 65 vezes, ou então tocar seis vezes e, após uma pausa, tocar mais cinco vezes. Em um casamento, o modo de o sino tocar é extremamente variado, mas é sempre de um modo vigoroso e alegre, e toca ao final da cerimônia.

Noivo e noiva saindo da igreja como marido e mulher (Fuse/Fuse/Getty Images)

Igreja ortodoxa

As Igrejas ortodoxas grega e russa possuem toques de sino mais complexos. Por exemplo, quando o sino toca durante toda uma noite de vigília, prossegue-se da seguinte forma: um único sino toca no início, seguido de todos os outros sinos que tocam três vezes. Na primeira leitura, todos os sinos tocam duas vezes, e na segunda leitura, uma vez. No momento do Magnificat, um único sino toca nove vezes e, quando a cerimônia termina, todos sinos tocam três vezes.

Mulher segura vela em uma vigília religiosa (rrodrickbeiler/iStock/Getty Images)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...