O significado dos sapos na cultura chinesa

Escrito por alana shilling | Traduzido por camille sampaio
O significado dos sapos na cultura chinesa
Rãs e sapos simbolizam a imortalidade (Getty Images)

Os sapos são tidos na cultura chinesa como símbolos de imortalidade, cura, dinheiro e frivolidade, além de estarem associados à lua. Embora relacionados especificamente às tradições Taoistas chinesas, os sapos têm sido há tempos um símbolo conhecido na cultura chinesa geral, e também através do leste asiático. Veja a seguir como os chineses interpretam os sapos em sua cultura.

Imortalidade

Os sapos, em muitas lendas populares antigas chinesas, são mágicos ou artistas fugitivos, mas também possuem o segredo da imortalidade. No artigo "Frog Myths Across Cultures", Noel Wanner conta sobre um personagem recorrente nesses contos, o famoso imortal taoista Liu Hai, que tem um sapo de três pernas chamado Ch'an Chu. O sapo sabe o segredo da imortalidade e compartilha isso com o homem em gratidão à sua amizade. Wanner também afirma que muitas das lendas dizem que o segredo da imortalidade vêm de um fungo na testa do sapo. Outros imortais taoistas, como Hanshan e Shide, também são geralmente retratados com sapos.

O significado dos sapos na cultura chinesa
(Kisa_Markiza/iStock/Getty Images)

Propriedades medicinais

Os chineses acreditam que os sapos têm propriedades medicinais. O livro "Chinese Magical Medicine" fala sobre a cura da loucura ser possível ao se "fazer o paciente beber três vezes por dia uma concha cheia de sapos calcinados mergulhados no vinho". Há uma crença, de acordo com essa tradição, de que as pílulas que tratam condições do coração podem ser feitas de sapos. Dizem também que a pele dos sapos é usada para curar erupções cutâneas. Esses animais são geralmente retratados fabricando medicamentos com o almofariz e pilão de um farmacêutico. O site Animal Legal and Historical Center também menciona que sapos eram usados pelos chineses para aliviar o envenenamento e as úlceras e reduzir a febre e o inchaço.

O significado dos sapos na cultura chinesa
(julos/iStock/Getty Images)

A lua

Os sapos são chamados de "frangos celestiais" pelos chineses. O livro "Man, Myth & Magic: The Illustrated Encyclopedia of Mythology, Religion and the Unknown" afirma que, de acordo com algumas lendas, o orvalho da manhã traz "ovas de rã" (um conjunto de pequenos ovos cobertos por uma cobertura gelatinosa que os faz flutuar) da lua. O site Daoist Toad Page também explica que os chineses viam os sapos como uma "força feminina" negativa, ou yin, que balanceava a "força positiva" masculina, ou yang. Acreditava-se também que eles causavam eclipses engolindo a lua. O livro "Chinese Mythology A to Z" fala sobre Zhang E, a esposa do arqueiro divino Yi, que em algumas lendas chinesas vivia na lua como um sapo.

O significado dos sapos na cultura chinesa
(Katharina Wittfeld/iStock/Getty Images)

Dinheiro

O daoísta Liu Hai também geralmente é retratado com dinheiro, então seu companheiro sapo foi associado a moedas de ouro. De acordo com o Daoist Toads Page, moedas em imagens de Liu Hai e seu sapo são consideradas boa sorte no folclore chinês. Ch'an Chu, "o sapo do dinheiro" ou "sapo da fortuna" também é retratado em pilhas de moedas, geralmente com uma em sua boca.

O significado dos sapos na cultura chinesa
(Kisa_Markiza/iStock/Getty Images)

Frivolidade

De acordo com o Daoist Toad Page, os sapos não eram apenas símbolo de imortalidade, mas também da diversão sem cuidados ou preocupações e espontaneidade.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível