on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Qual o significado dos símbolos usados na comunhão cristã?

Atualizado em 17 abril, 2017

A comunhão cristã refere-se tanto à unidade dos cristãos e de suas várias igrejas como à celebração da Eucaristia. A Eucaristia é um rito de adoração em muitas seitas cristãs que recria a cerimônia da Última Ceia, em que Jesus instruiu seus seguidores a cultuá-lo através da partilha de pão e vinho. Os cristãos celebraram a Santa Comunhão desde o primeiro século da era cristã, portanto, há uma longa história de simbolismo associado ao ritual.

A Eucaristia recria a cerimônia da Última Ceia (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

O pão

Alguns afrescos de catacumbas do século 2 e 3 revelaram como os primeiros cristãos simbolizavam a comunhão. O símbolo mais comum era uma mesa com sete pães em cima. Tal como acontece com os sete pecados capitais, os sete sacramentos e os sete frutos do Espírito Santo, o número sete representa a completude. Os pães representavam o pão que foi compartilhado durante o culto, em que acredita-se incorporar a essência do corpo de Cristo, assim como a milagrosa multiplicação dos pães.

Loading...

O peixe

O símbolo "Ichthys" era um sinal genérico do Cristianismo, mas foi colocado ao lado dos pães para recordar a "multiplicação dos pães". No Evangelho de Mateus, é dito que Jesus milagrosamente alimentou uma enorme multidão com apenas um pequeno número de peixes e pães. Os primeiros cristãos se basearam nisso em um paralelo à partilha e ao sustento em comunidade na forma da Eucaristia.

O cálice

Os afrescos das catacumbas de um período posterior contaram com a adição de um cálice, juntamente com os pães. O cálice representava a partilha do vinho que se diz ser o Sangue de Cristo. Ele também foi usado como um lembrete do primeiro milagre de Jesus em Canaã. Conta-se que, em um casamento, Jesus transformou água em vinho. Como a arte religiosa foi tornando-se mais metafórica, uvas e trigo foram, às vezes, usados no lugar dos pães e do cálice.

O tabernáculo

O Tabernáculo original era uma tenda, descrita no Êxodo, que guardou a Arca da Aliança. Os tabernáculos contemporâneos são caixas presentes em igrejas católicas, ortodoxas e em algumas igrejas protestantes que empregam a Eucaristia consagrada. Desse modo, as representações de uma tenda podem ser usadas como uma sinédoque para a comunhão. Assim como acredita-se que o Tabernáculo do Êxodo contenha a presença de Deus na forma da Arca, os tabernáculos cristãos contêm a presença de Deus na Eucaristia.

Letras gregas

Os símbolos mais comuns que são empregados em tabernáculos e hóstias (uma farinha prensada fina, consagrada para criar a Eucaristia) incluem dois monogramas gregos: XP e IHS. XP é, na realidade, Chi-Rho e IHS representa as letras Iota, Eta e Sigma. Estes monogramas são usados ​​para lembrar aos cristãos dos primeiros dias do cristianismo, quando estes faziam seus cultos principalmente em grego. XP, muitas vezes combinados em um único símbolo, é a abreviação de "Christos" (Cristo), enquanto IHS é a abreviação de "Iesos" (Jesus).

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...