Os significados simbólicos das ofertas do Tabernáculo

Escrito por lauren corona | Traduzido por ana simoes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os significados simbólicos das ofertas do Tabernáculo
As ofertas levadas ao Tabernáculo tinham significados específicos (Thinkstock Images/Stockbyte/Getty Images)

De acordo com o Antigo Testamento da Bíblia, o Tabernáculo era uma bela tenda na qual residia uma manifestação visível de Deus. Os cristãos acreditam que o Tabernáculo existiu com os israelitas no deserto, entre 1400 e 950 AC. Deus pediu que os israelitas trouxessem uma de várias ofertas, sendo que cada qual tinha um significado simbólico. Aqueles que traziam uma oferta poderiam entrar no pátio do Tabernáculo, mas apenas os sacerdotes podiam entrar na tenda.

Outras pessoas estão lendo

Metais preciosos

O ouro, a prata e o bronze foram três das ofertas solicitadas para o Tabernáculo. O ouro era o símbolo da divindade. Ele era feito por Deus e vinha dele. A prata significa redenção ao longo da Bíblia, porque era usada como dinheiro de redenção. O bronze tinha o significado simbólico do julgamento, que está em destaque na Bíblia, quando Moisés levanta a serpente de bronze e anuncia que o poder da serpente seria julgado com a ascensão do filho de Deus.

Linhas e tecidos

As próximas ofertas a serem levadas ao Tabernáculo eram linhas azuis, roxas e vermelhas, bem como o linho fino. As linhas azuis eram o símbolo do céu espiritual, porque imaginava-se que ele estaria acima da Terra, tal qual o céu físico azul. O roxo simbolizava a realeza, o que era apropriado, já que Jesus viria a ser conhecido como o Rei dos Reis. As linhas vermelhas significavam o sacrifício, pois o vermelho é a cor do sangue que Jesus derramou. O linho fino era o símbolo de pureza, por causa de sua brilhante cor branca.

Pelos e peles

Vários tipos de pele e pelos de animais foram solicitados como ofertas para o Tabernáculo. O pelo de cabra era a oferta pelo pecado amaldiçoado. Ela representava a pobreza, uma vez que havia sido usada pelos mais pobres, e simbolizava a pobreza e a humildade de Cristo. As peles de carneiro, tingidas de vermelho, eram solicitadas porque os carneiros eram vistos como um sacrifício substituto, pois Deus havia provido um carneiro para ser morto no lugar de Isaque. A oferta de pele final era a de texugo, que significava que o interior poderia ser desejável, ainda que o exterior não o fosse.

Madeira e óleos

A madeira de acácia foi solicitada como uma oferta que simbolizava a humanidade incorruptível de Jesus. O óleo, que era provavelmente feito a partir de azeitonas, foi outra oferta para o Tabernáculo. As azeitonas e seu óleo são símbolos de beleza, fertilidade, riqueza e paz na Bíblia. Especiarias também foram solicitadas para perfumar os óleos, porque dizia-se que estoraque, ônica e gálbano eram perfumadas para Deus.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível