O que significam as tulipas brancas?

Escrito por thomas charles | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que significam as tulipas brancas?
As tulipas são um símbolo de pureza, inocência e de uma grande quebra do mercado de futuros (White Tulip image by PinkSkyPhotos from Fotolia.com)

As tulipas se originaram em uma área da Ásia central à China. Os cultivadores de plantas persas já criavam seus bulbos no século 12, e as flores foram introduzidas na Europa no século 16. Com mais de 700 anos de cultivo ativo, as tulipas brancas, em particular, e as tulipas, como um todo, simbolizam várias emoções e sentimentos, além de uma era da história da Turquia e uma das mais famosas bolhas especulativas da bolsa de valores.

Pureza

As tulipas brancas possuem vários significados simbólicos. Duas das virtudes mais importantes que elas representam são a pureza e a inocência, de acordo com o site Flower-Advisor. As tulipas, em geral, também são um símbolo do amor perfeito, segundo o site Living Arts Originals. Ao combinar a pureza com o amor perfeito, as tulipas vão se tornando cada vez mais populares em arranjos de casamento, além do branco complementar natura do vestido da noiva.

Perdão

Dar tulipas brancas é uma forma de dizer "Me desculpe", um pedido de perdão floral em muitas culturas. Ao mesmo tempo, elas são uma forma de reivindicar merecimento. Combinando o perdão com o merecimento, ela é uma boa flor a se usar para pedir desculpas, sem que pareça estar implorando por uma desculpa geral. As tulipas brancas também significam renascimento, renovação e esperança, segundo o site Tulip Time.

Lembrança

As tulipas brancas também são usadas em funerais, como sinal de respeito e lembrança. Elas também significam o descanso eterno do falecido. O branco simboliza o céu, associando as tulipas brancas ainda mais a funerais e memoriais. Ao serem exibidas em uma grande plantação, um jardim de tulipas brancas representa o céu na terra. Essas flores também são usadas em chás de bebê, por sua associação com o céu, novidade e pureza, de acordo com o site Living Arts Originals.

Era das Tulipas

Os anos entre 1718 e 1730 são conhecidos como a "Era das Tulipas" na Turquia, segundo o site World Turkey. As tulipas são associadas com o tempo de paz e diversão que marcou esses anos na história da Turquia. Esta era é conhecida por um aumento na apreciação das tulipas e um estilo de vida que associava a exibição das tulipas com as artes, produtos bordados, artesanato e uso de formas e desenhos de tulipas. A era acabou quando uma revolta depôs o sultão líder da Era das Tulipas, Ahmed III.

Mania das Tulipas

As tulipas de todas as cores simbolizam um dos maiores exemplos de um mercado de futuros fora de controle, a mania das tulipas. De 1620 a 1637, os comerciantes holandeses criaram um mercado especulativo baseado nas tulipas e seus bulbos. Os contratos de bulbos futuros eram negociados muitas vezes antes da entrega, e isso caso efetivamente houvesse uma entrega, segundo o International Flower Bulb Centre. As tulipas, seus bulbos e os contratos desses objetos eram símbolos de riqueza e status. A bolha começou a se expandir rapidamente em 1634 e estourou em 1637, com milhares de falências e grandes perdas de propriedade pessoal, mas não antes de várias casas serem hipotecadas por alguns bulbos, e um bulbo foi vendido pelo equivalente a 450 kg de queijo, segundo a Herrick District Library.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível