Sinais de uma criança emocionalmente perturbada

Escrito por tamiya king | Traduzido por bruno laget
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sinais de uma criança emocionalmente perturbada
Reconhecer a perturbação emocional da sua criança é o primeiro passo para achar o tratamento (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Distúrbio emocional é uma condição que se assemelha a depressão em crianças, reconhecido como uma condição que reduz a capacidade de aprendizado por órgãos como o Departamento de Educação dos EUA. Existem diversos fatores emocionais e comportamentais de que uma criança está emocionalmente perturbada, e é essencial para os pais e professores monitorar de perto essas crianças para determinar se os sintomas indicam outras condições sérias.

Outras pessoas estão lendo

Comportamento agressivo

Uma criança que seja emocionalmente perturbada provavelmente exibirá comportamento agressivo, e tenderá a querer agredir outros. De acordo com o aparato escolar público de Sevier County, EUA, a agressão é o sintoma principal de uma criança emocionalmente perturbada. As ações de uma criança envolvem bater ou chutar outros estudantes, se levantar com frequência mesmo com ordens de permanecer sentado, e roubar objetos da mesa dos outros alunos ou da professora. Enquanto um comportamento agressivo ocasional possa ser um sinal da insatisfação da criança com um incidente particular, como se mudar para uma casa nova ou receber um novo bebê no lar, este sintoma é considerado uma perturbação emocional quando se prolonga por um longo período. A edição de Janeiro de 2010 do periódico de "Journal of Clinical Child and Adolescent Psychology" diz que crianças abusadas com frequência experimentam perturbações emocionais e as extravasam através de ações agressivas; enquanto as meninas possuíam um comportamento tão agressivo quanto as meninas não abusadas, os garotos abusados tinham 50% a mais de chances de entrar em brigas, quebrar objetos e responder agressivamente a broncas.

Mudanças no apetite

Quando uma criança começa a comer muito mais ou muito menos do que o necessário, isto pode indicar um distúrbio emocional, de acordo com as escolas públicas de Anne Arundel County, EUA. Se esta mudança significativa começar a afetar sua performance educacional, o sintoma é considerado um sinal do distúrbio emocional. Por exemplo, uma nutrição insuficiente afetará a capacidade do aluno concentrar-se e absorver informação. Se um jovem aluno está comendo demais, ele pode interromper uma aula no meio da explicação para pedir comida. As crianças podem se voltar para a comida por conforto ou podem evitar comer se perderam o interesse na hora da refeição. Isto pode ser um indicador de depressão. De novo, se as mudanças no apetite forem constantes, isto signifca que a criança está emocionalmente perturbada e requer aconselhamento ou tratamento.

Notas baixas

Quando uma criança vai significativamente mal nas provas designadas para medir a aptidão e compreensão de crianças da sua idade específica, isto pode significar um distúrbio emocional. O aparato escolar em Sevier County diz que apenas 30% das crianças com perturbações emocionais passam com nota suficiente nas provas, em um nível médio. Dados coletados pelo distrito também dizem que na Flórida 50% dos estudantes não conseguiram passar em um teste funcional e 75% dos alunos emocionalmente perturbados falham nas provas de matemática do ensino médio. O órgão americano que cuida da educação diz que 2% da população de estudantes sofre de distúrbios emocionais e são inclinados a ir mal nas provas.

Perda de energia e interesse em atividades

Uma criança que esteja continuamente cansada e não quer mais participar das atividades das quais ela participava pode estar sofrendo estes sintomas por causa de distúrbios emocionais. Quando esta letargia e falta de interesse afeta a performance acadêmica e não pode ser atribuída a uma condição de saúde ou depressão clínica, é um sinal de distúrbio emocional. Uma criança que exibe esta constante aversão a interações como esportes ou artesanatos, ou está sempre reclamando de cansaço, irá exibir comportamento recluso e irá se tornar desinteressada em brincar ou falar com outros alunos. Este sinal de perturbação emocional pode ser também um sinal de autismo, então é melhor visitar um terapeuta comportamental com seu filho para que um tratamento e uma assistência sejam determinados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível