Sinais de que o eixo cardan está ruim

Escrito por richard rowe | Traduzido por eduardo gama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sinais de que o eixo cardan está ruim
Verificar a suspensão de tempos em tempos faz parte da manutenção preventiva (NA/Photos.com/Getty Images)

As juntas do cardan são um tipo universal de juntas utilizadas frequentemente em aplicações que pedem mais articulação e capacidade de transferência de torque do que a estabilidade que as juntas Rzeppa proporcionam. Embora bem mais resistentes que as juntas homocinéticas, as juntas cardan ainda sim irão se desgastar e quebrar quando submetidas a grandes estresses e ao uso prolongado.

Outras pessoas estão lendo

Estalos

Estalos durante a aceleração ou freadas são muitas vezes sinais do desgaste do eixo cardan e podem ser o presságio de um acidente grave se ignorados. Esses estalos vêm da folga excessiva entre os rolamentos e juntas do eixo e suas barras intermediárias, ou dentro das juntas em U. O estalo é perigoso por que permite que as folgas na barra de direção criem folgas antes de encaixarem nas rodas, o que gera fortes impactos nos rolamentos da suspensão.

Travamentos

Travamentos podem ocorrer após ruídos bem audíveis no cardan, mas às vezes ocorrem como o resultado do desgaste excessivo das juntas U do cardan. Travamentos geralmente acontecem sob extrema articulação da suspensão e se manifestam com sons muito altos e estalos. Quando o cardan dianteiro em uma suspensão 4wd trava, uma vibração forte pode ser sentida no volante e um leve sacolejar de um dos lados da suspensão. Travamentos podem eventualmente quebrar as juntas em U do cardan ou a barra intermediara e até as conexões podem quebrar e causar danos posteriores.

Vibração

Vibração no cardan é bem raro, já que um dos lados da junta é montado em uma base sólida, mas é sinal de uma falha iminente. Vibração tipicamente acontece em veículos com suspensão extremamente alta ou baixa na qual o cardan nunca fica totalmente em posição correta enquanto o carro está sendo dirigido. Enquanto algumas homocinéticas operam sempre na posição "reta" em velocidade cruzeiro, ângulos de sustentação permitem que o eixo auxiliar oscile no espaço provido pela folga dos rolamentos das juntas U. Assim, a vibração quase sempre anuncia o fim da vida útil do rolamento e, se ignorado, poderá causar travamentos. Tenha em mente que o cardan sempre vibrará um pouco mais do que outros tipos de eixo de homocinética, logo, não substitua a junta a não ser que você detecte um crescimento notável na vibração.

Verificando o cardan

A maneira mais simples de verificar o cardan é entrar em baixo do caminhão, segurar a barra de direção com ambas as mãos e tentar torcer ou movê-la. Já que a maior parte dos defeitos do cardan é resultante do desgaste de rolamentos, qualquer movimento excessivo na peça irá dizer que algo pode estar errado. Folgas variam, mas o desgaste excessivo é notável se você conseguir girar a barra o suficiente para ouvir um estalo quando ela parar. Esse estalo irá eventualmente martelar os rolamentos até quebrarem e aí você estará em sérios problemas. Se você estiver substituindo uma junta gasta, durante a desmontagem do cardan limpe a barra intermediária com desengraxante e verifique por rachaduras. Você pode encontrar rachaduras na área estreita entre os buracos das juntas U e a borda dos eixos intermediários.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível