Sinais físicos de primeira gravidez em vacas

Escrito por hannah wahlig | Traduzido por fatima mesquita
Sinais físicos de primeira gravidez em vacas
Vários sinais físicos indicam que uma jovem vaca está prenhe (Come On, Baby image by Stormy Ward from Fotolia.com)

Vacas jovens grávidas pela primeira vez requerem cuidados específicos de monitoramento, abrigo e alimentação e devem ficar isoladas do restante do rebanho. Além disso, não importa se ela foi inseminada artificial ou naturalmente: é essencial ter um diagnóstico preciso, para poder garantir a saúde e o bem-estar tanto da mãe quanto do bezerro. E, embora tecnologias avançadas como o utrassom e a medição de hormônios possam ser usadas para determinar a gravidez, há vários sinais físicos que também podem indicar com precisão o estado do animal.

Suspensão do cio

Um vaca jovem e não prenhe passa por ciclos regulares de cio, que sinalizam que ela está preparada para a reprodução. Durante o cio, níveis mais elevados de estrogênio causam mudanças no comportamento do animal. Sinais normais de cio incluem inchaço e vermelhidão da vulva, agitação, queda na produção de leite e posicionamento de preparo para a cobertura por touro. Se a jovem vaca não apresentar estes sinais na época esperada do cio, é bem provável que ela esteja prenhe.

Mudanças no órgão reprodutores

Um dos métodos mais comuns de diagnóstico da gravidez em vacas jovens é a palpação retal. O procedimento deve ser executado por um veterinário ou pecuarista treinado que fará, então, uma inspeção dos órgãos reprodutores internos através do ânus do animal. Este método pode revelar vários sintomas de gravidez. Em seu estágio inicial, os dois pontos de encontro do útero com as trompas devem apresentar tamanhos diferentes, devido ao desequilíbrio de fluidos criado pela gravidez. Pode ser possível também sentir a presença da membrana fetal dentro do útero durante o exame, o que é um forte indicador do estado do animal. Em estágios já mais avançados da gravidez, o próprio feto poder ser sentido dentro do útero na palpação retal.

Produção de leite

Um dos primeiros sinais de gravidez de uma vaca jovem é a queda na sua produção de leite. De acordo com o Serviço Nacional de Estatísticas do setor Agropecuário dos EUA (USDA), uma vaca leiteira sadia pode produzir algo entre 726 a 860 litros de leite por mês. Mas a média de produção de uma vaca prenhe terá uma queda repentina. Por isso, pode ser bastante útil registrar a produção de cada vaca, para que a comparação possa ser feita de modo adequado. Além disso, a palpação retal pode eliminar outros possíveis motivos para a queda da produção, incluindo doenças.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível