Sinais de que seu gato tem hipoglicemia

Escrito por mary lougee | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sinais de que seu gato tem hipoglicemia
Seja cauteloso se seu gatinho está apresentando sinais de letargia e desatenção (kitten image by AGphotographer from Fotolia.com)

Quando gatos têm pouco açúcar no sangue, eles mostram sinais de fraqueza, desatenção e até mesmo correm risco de terem convulsões. Estes sinais indicam que o gato tem hipoglicemia. Os filhotes de gato ainda não desenvolveram a habilidade de regurgitar altas concentrações de glicose. Frio, estresse, má nutrição e parasitas intestinais irão interferir na taxa de glicose do animal. A glicose é necessária para o bom funcionamento do cérebro e tecido muscular.

Outras pessoas estão lendo

Causas

A hipoglicemia em gatos pode ser causada simplesmente pela falta de comida ou exercício ou pode ser um indicador de uma causa subjacente mais séria, como doenças hepáticas ou intestinais, tumores, infecções bacterianas ou parasitas. Ela pode ser causada por tumores produtores de insulina no pâncreas, como o insulinoma ou tumor de células beta. O animalzinho pode ter diabetes mellitus ou hipopituitarismo, um decréscimo anormal na secreção da glândula pituitária. A causa também pode ser uma má absorção ou uma absorção inapropriada de nutrientes pelo intestino. O gato pode ter um desvio ou uma veia anormal que faz com que o sangue passe direto pelo fígado. O nível de cálcio no sangue também pode ser menor do que o normal.

Medidas preventivas

Para evitar a hipoglicemia, alimente seu gatinho frequentemente e não o mantenha em ambientes muito frios. Vacine e vermifugue seu animal rotineiramente. Forneça uma alimentação regular e frequente para seu filhote. Gatos pequenos precisam comer a qualquer hora que demonstrarem fome -- não há problema em alimentá-los demais. Forneça comida de alta qualidade.

Sintomas

Existem certos sinais que os filhotes de gato com hipoglicemia irão mostrar. Fique atento à falta de apetite, fraqueza, letargia extrema, convulsões, tremedeiras, espasmos musculares, pupilas dilatadas e cegueira aparente. Se os sintomas persistirem, o animal pode entrar em coma.

O que fazer

Se seu filhote exibir estes sintomas, leve-o ao veterinário imediatamente. Dar açúcar ao animal instantaneamente é de extrema importância. Boas fontes de açúcar para os gatinhos podem ser o molho Karo (molho à base de glucose de milho) e mel. Seu veterinário vai querer fazer exames para determinar a causa da hipoglicemia.

O médico veterinário vai querer um histórico médico completo e fará um exame físico. A concentração de glucose no sangue dos gatinhos terá de ser medida, assim como deverão ser realizados uma contagem completa do sangue, uma análise de urina, um teste de perfil metabólico e um teste de concentração de soro de insulina para encontrar a causa subjacente da hipoglicemia. O profissional poderá requerer também um ultrassom do abdômen do gato para identificar um possível tumor. Durante este tempo, o veterinário pode administrar glucose oralmente ou por injeção intravenosa para aumentar os níveis desta substância no sangue do animal.

Tratamento posterior

O veterinário dará recomendações para tratar o filhote de gato. Depois que a causa for determinada, observe a taxa de atividade do animal e sua atitude. Colocar periodicamente molho Karo ou outros molhos com alto teor de açúcar nos alimentos do seu gato pode auxiliar no tratamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível