Sinais e sintomas da doença celíaca em cães

Escrito por cameron delaney | Traduzido por andressa ferrari arevalo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sinais e sintomas da doença celíaca em cães
Se a doença celíaca não for tratada ela pode causar danos ao aparelho digestório (sleeping dogs lie image by Martin Woodward from Fotolia.com)

Os cães com doença celíaca não toleram glúten, uma proteína presente no trigo, cevada e centeio. Comer esses grãos provoca uma resposta imune anormal que ataca o intestino delgado. O Setter Irlandês é a única raça conhecida que tem a doença celíaca verdadeira, mas muitos cães são sensíveis a grãos que contenham glúten. A doença celíaca não tratada pode levar à desnutrição e danos no aparelho digestório.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Cães com a doença celíaca sofrem de diarréia ou prisão de ventre, perda de peso, fraqueza, vômitos e anemia. Um cão com diarréia pode ter fezes com uma grande quantidade de muco indicando que seu aparelho digestório está irritado.

Outros sinais

A doença celíaca pode levar a problemas de pele, incluindo a perda do pelo, inchaços ou lesões, coceira e descamação e pele seca. As lesões geralmente aparecem nas patas do cão, na cabeça, no pescoço, nas orelhas e no estômago. Outros sinais incluem infecções secundárias da pele e infecções de ouvido crônicas.

Desnutrição

A doença celíaca tem como causa o ataque do sistema imunológico do organismo contra o glúten. Quando um cão que possui a doença celíaca come um alimento que contém glúten, o sistema imunológico de seu corpo ataca as vilosidades, pequenas projeções digitiformes do intestino delgado. As vilosidades ajudam a absorver os nutrientes dos alimentos para a corrente sanguínea. Se elas forem danificadas ou destruídas, seu cão pode ficar desnutrido, não importa o quanto ele coma.

Setter irlandês

Setters irlandeses são os únicos cães que os pesquisadores identificaram como portadores da doença celíaca verdadeira. A doença geralmente aparece nos filhotes entre 4 e 7 meses de idade. Os filhotes não ganham peso e sofrem de diarréia crônica. A doença é hereditária, transmitida de pais para filhos.

Diagnóstico

Um teste de sangue e uma biópsia do intestino delgado ajuda o veterinário a diagnosticar a doença celíaca. Reconhecer a doença celíaca pode ser difícil porque os sintomas imitam os de várias outras doenças, incluindo a síndrome do intestino irritável, parasitas e pancreatite. Os sintomas podem também estar ligados a alergias alimentares ou sensibilidade ao glúten, ao invés de doença celíaca real.

Prevenção e solução

Os cães com doença celíaca não podem comer nada que contenha glúten. Verifique nos rótulos dos alimentos do seu cão se há trigo ou produtos de grãos. Talvez seja necessário mudar o que você usa para alimentar seu cão. Cães com doença celíaca geralmente toleram milho, arroz, trigo sem glúten, laticínios e frangos. Diversos fabricantes fazem trigo, alimentos e guloseimas para cães, todos sem glúten.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível