Síndrome de abstinência da venlafaxina

Escrito por sarah snyder | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Síndrome de abstinência da venlafaxina
A venlafaxina é um poderoso inibidor seletivo da receptação da serotonina e pode causar sintomas graves de abstinência quando o paciente esquece de tomar o remédio (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

A venlafaxina é um poderoso inibidor seletivo da receptação da serotonina e pode causar sintomas graves de abstinência quando o paciente esquece de tomar o remédio. Os sintomas de abstinência surgem quando a dose é esquecida ou quando o paciente tenta parar de tomar o medicamento de repente. Assim, você sempre deve tomar a dose prescrita nos horários certos e conversar com seu médico caso queira alterar a dosagem ou interromper o tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Uso

A venlafaxina é um antidepressivo que pode auxiliar no tratamento de distúrbios do humor, como a ansiedade e a depressão. Sua dose para a depressão é forte e não costuma ser receitada contra a ansiedade cotidiana, apenas para ataques de pânico. A venlafaxina ajuda no tratamento de transtornos do humor, inclusive nos casos em que o paciente tem pensamentos suicidas. Todavia, pessoas com menos de 25 anos de idade podem reagir negativamente à medicação e portanto devem ser monitoradas.

Efeitos colaterais

Dentre os efeitos colaterais da venlafaxina podemos citar diminuição do apetite, dor de cabeça, sonolência, sensação de estar com a cabeça leve, fadiga, náusea, constipação, perda de peso, insônia, sudorese, nervosismo e visão embaçada. Avise seu médico imediatamente caso esses sintomas se manifestem persistentemente em você ou se sentir uma piora na gravidade dos efeitos colaterais. Há casos registrados de crianças pequenas que ganharam peso em razão do tratamento com essa substância, e casos de crianças mais velhas e jovens que passaram a ter pensamentos suicidas.

Abstinência

Interromper o tratamento com venlafaxina de forma abrupta pode trazer sintomas como tontura, nervosismo, dor de cabeça, sudorese, náuseas e sensação de estar tomando um choque elétrico. Quando não tratados, os sintomas podem tornar-se mais graves.

Para evitar a síndrome de abstinência, sempre tenha o remédio por perto. Mantenha um comprimido na sua bolsa ou bolso para a eventualidade de você se esquecer de tomar o remédio. Além disso, não espere até o último minuto para pedir uma nova receita e assegure-se de estar levando uma quantidade suficiente de comprimidos na mala quando você for viajar.

Dose perdida

Caso você se esqueça de tomar uma dose da venlafaxina, tome o remédio assim que se lembrar dele. Contudo, não tome uma dose dupla. É comum sentir-se mal ao se esquecer de tomar uma dose. Há relatos de pacientes que, ao esquecerem de tomar o remédio, sentiram coceira, uma sensação geral de desassossego, sudorese e problemas digestivos, dentre outros.

Interrupção do tratamento

Você nunca deve interromper o uso da venlafaxina subitamente. Consulte seu médico que pode organizar um desmame e monitorar cuidadosamente a forma como seu organismo reage. Parar de tomar esse remédio, mesmo que de maneira gradual, pode ser um processo árduo. Comumente há um certo nível de desconforto e quaisquer sintomas graves de abstinência devem ser imediatamente comunicados ao médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível