Síndrome do gêmeo desaparecido

Escrito por jill leviticus | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Síndrome do gêmeo desaparecido
A perda de um dos dois fetos é chamada de síndrome do gêmeo desaparecido (SGD) (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

A síndrome do gêmeo desaparecido ocorre quando um feto gêmeo desaparece durante a gravidez após uma batida de coração ouvida ou pelo feto ter sido visto durante um exame de ultrassom. A perda de um dos dois fetos é chamada de síndrome do gêmeo desaparecido (SGD). A SGD ocorre em até 20% de todas as gestações gemelares, segundo a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A SGD é, na verdade, um aborto que afeta apenas um feto. Quando o aborto ocorre durante as primeiras oito semanas de desenvolvimento, as células embrionárias são reabsorvidas pelo corpo da mãe. Um aborto após oito semanas resulta em uma reabsorção dos tecidos fetais, líquido amniótico e dos tecidos placentários, embora a compressão do feto possa permanecer no útero até a entrega do gêmeo sobrevivente. A morte de um gêmeo no segundo ou no terceiro trimestre pode ameaçar a sobrevivência do gêmeo restante ou pode aumentar a chance desse gêmeo desenvolver paralisia cerebral ou nascer prematuramente. Ele também pode ter uma dificuldade no crescimento e a mãe pode estar em risco de hemorragia ou infecção.

Causa

Muitas vezes, não existe uma causa clara para a morte de um dos gêmeos. Se o tecido fetal ou placentário é analisado, anormalidades cromossômicas são às vezes descobertas. Os problemas com a implantação do cordão umbilical podem também resultar em síndrome do gêmeo desaparecido.

Sintomas

Se um gêmeo desaparece logo no início da gravidez, a mãe pode não sentir quaisquer sintomas. Quando a SGD ocorre durante o primeiro trimestre, a mulher pode sentir os sinais comuns de um aborto espontâneo, que incluem dor pélvica, cólicas uterinas e sangramento. Se um exame de sangue de rotina é realizado, uma diminuição nos níveis de hormônio pode sinalizar a possibilidade de SGD. Em alguns casos, pode até não ser conhecido que a mulher estava grávida de gêmeos até que ela visite um hospital após sentir os sinais de um aborto espontâneo e descubra que ela ainda está grávida.

Tratamento

Cólicas e sangramento significativo devem ser avaliados por um médico. Um ultra-som será realizado para determinar se um ou ambos os gêmeos ainda permanecem no útero. Normalmente não há necessidade de tratamento para a mãe ou para o feto restante se um dos gêmeos desaparece.

Acompanhamento da gravidez

Se você já vivenciou a SGD, o seu médico pode desejar vê-la com mais freqüência a fim de detectar eventuais complicações em você ou em seu gêmeo sobrevivente. Você também pode precisar de exames de ultrassom mais freqüentes. Na maioria dos casos, as mulheres que já tiveram a SGD terão trabalho de parto e parto perfeitamente normais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível