Sintomas da abstinência de Cymbalta

Escrito por melody hughes | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas da abstinência de Cymbalta
Dores de cabeça e tonturas são alguns dos sintomas de abstinência da Cymbalta (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Cymbalta é o nome comercial para a duloxetina. É uma medicação prescrita para o tratamento da depressão e ansiedade. Também pode ser usada para tratar sintomas da fibromialgia. Ela é uma serotonina seletiva e inibidor da recaptação da norepinefrina (SSNRI).

Outras pessoas estão lendo

Descontinuando a Cymbalta

A Mayo Clinic recomenda que pessoas que estejam fazendo uso do Cymbalta consultem um médico antes de interromperem o tratamento. Alguns médicos indicam a redução gradual da dosagem antes da descontinuidade completa.

Sensações de abstinência

Após a interrupção no uso do Cymbalta, algumas pessoas podem experimentar parestesia, que é uma sensação de picada ou queimação sentida em qualquer parte do corpo. Algumas dessas sensações podem parecer leves choques elétricos na área da cabeça, conhecidas como "brain zaps" (Chacoalhar do cérebro).

Sintomas gastrointestinais

A descontinuidade do Cymbalta pode levar à irritação estomacal. Algumas pessoas podem experimentar apenas náusea, enquanto outras podem sofrer com diarreia e vômitos.

Alterações de humor

Os sintomas de abstinência do Cymbalta podem afetar o humor. Geralmente, os indivíduos podem se sentir mais irritados do que o normal. Também podem notar um aumento dos sintomas de depressão e ansiedade.

Outros sintomas de abstinência

Outros sintomas associados à abstinência do Cymbalta incluem dores de cabeça, tontura, fadiga, insônia, hiperidrose (suor excessivo) e vertigem. Algumas pessoas podem sofrer com um aumento na frequência de pesadelos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível