Sintomas do anticoagulante lúpico

Escrito por shelley moore | Traduzido por monica ferreira rocha lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas do anticoagulante lúpico
Os anticoagulantes lúpicos são anticorpos anormais que impedem a coagulação do sangue (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os anticoagulantes lúpicos são anticorpos anormais que atacam substâncias celulares, impedindo a coagulação do sangue. Assim, as pessoas que têm esses anticorpos podem ter um alto risco de coágulos sanguíneos. A função dos anticorpos é atacar as células estranhas, como bactérias ou vírus, porém o anticoagulantes lúpicos atacam as células normais e os sintomas variam de inexistentes ao risco de vida.

Outras pessoas estão lendo

Ocorrência primária

Apenas cerca de 2 a 4 por cento das pessoas têm esses anticorpos. A maioria das pessoas com anticoagulantes lúpicos possuem doenças autoimunes, como lúpus eritematoso sistêmico.

Ocorrência adicional

Os anticoagulantes lúpicos também podem ocorrer com pessoas com doença inflamatória intestinal, vírus da imunodeficiência, tumores ou infecções e podem aparecer em pessoas que tomam certos tipos de medicamentos.

Sintomas comuns

Pode não haver sintomas ou as pessoas podem sofre hemorragias nasais, sangramento nas gengivas, hematomas, vermelhidão ou erupção cutânea.

Sintomas adicionais

Outros sintomas associados ao anticoagulantes lúpicos incluem sangue na urina, irregularidades menstruais ou vários abortos.

Sintomas perigosos

Sintomas de risco de vida também podem ocorrer, como a formação de coágulos sanguíneos nas pernas ou nos pulmões, causando acidentes vasculares cerebrais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível